Entretenimento

Empresário e compositor baiano fecha parceria para garantir direitos autorais na Bahia

Arquivo Pessoal

Leo, por meio do seu escritório, representa agora a Sociedade Brasileira de Administração e Proteção de Direitos Intelectuais, a Socinpro, no estado

Publicado em 12/04/2021, às 11h19    Arquivo Pessoal    Redação BNews

O compositor e empresário baiano Leo Minho, proprietário da filial da Jujuba Editora em Salvador, anunciou mais uma novidade no mercado fonográfico na Bahia. Leo, por meio do seu escritório, representa agora a Sociedade Brasileira de Administração e Proteção de Direitos Intelectuais, a Socinpro, no estado. Fundada em 1962, a Socinpro atua em defesa e proteção do Direito autoral no país, é uma das sete sociedades-membro que formam e administram o ECAD e a terceira em arrecadação.

“Essa questão de proteção intelectual sempre foi muito ativa em nossa trajetória e este foi o principal motivo da busca pela parceria”, explica Leo Minho. Antes a Socinpro era representada na Bahia pela WR, de Wesley Rangel. A parceria de representação com o empresário Leo Minho se iniciou este mês. 

A Socinpro participa ativamente, junto aos poderes Legislativo e Executivo, com projetos e sugestões que visam a proteção à propriedade intelectual, a obrigatoriedade da remuneração pela utilização de obras líteromusicais, combate à pirataria e no resguardo dos direitos de toda a classe artística.

Classificação Indicativa: Livre