Entretenimento

Após polêmica, Chiquinho Scarpa se defende por dizer que "não gosta de pobre"; confira

Reprodução | Instagram
Declaração do empresário aconteceu durante entrevista recente ao podcast do humorista Ceará  |   Bnews - Divulgação Reprodução | Instagram
Alex Torres

por Alex Torres

[email protected]

Publicado em 07/06/2024, às 20h37 - Atualizado às 21h09



O empresário Chiquinho Scarpa se manifestou após a repercussão negativa por ter dito que "não gosta de pobre", durante entrevista recente a um podcast comandado pelo humorista Wellington Muniz, conhecido como 'Ceará', ex-Pânico na TV.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

Nas palavras de Scarpa, ele estaria apenas interpretando um personagem, tanto na fala sobre pessoas pobres, quanto na fala de que teria uma 'criação de anões'. Ele explicou ainda que o programa que participou é de humor.

“Queridos amigos, compartilho com vocês, a nota oficial! O podcast é um programa de humor, onde há representações. Lamento muito pelo transtorno e pelas interpretações sobre o ‘personagem’ que atuei durante a entrevista. Nunca fiz distinção entre as pessoas, sempre tratei todos com muito respeito! Há anos tenho uma vida pública e quem me conhece sabe!”, escreveu ele em seu perfil no Instagram. 

O empresário falava sobre 'velório de pobre' com Ceará, quando o humorista disse que não gostava de velórios. Em resposta, Chiquinho Scarpa respondeu: "Eu não gosto de pobre. Velório tudo bem". 

“O pobre sempre tem um negócio para pedir, se você perguntar. A pior coisa é você chegar e perguntar: ‘Como vai?’. Aí, você está frito, porque ele começa ‘minha mãe está doente, meu pai perdeu a perna, minha filha perdeu o dente’, eles ficam meia hora destilando todos os problemas”, reclamou o empresário.

Chiquinho Scarpa tem 72 anos e é dono de uma herança milionária. Ele possui um título decorativo de conde devido à presença de sua família na Itália.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp