Entretenimento

Beijo gay faz 14 países proibirem novo filme da Disney; saiba quais

Divulgação Pixar

Nova produção dos estúdios Disney não será exibida nos cinemas de ao menos 14 países do Oriente Médio e da Ásia

Publicado em 19/06/2022, às 11h43    Divulgação Pixar    Redação Bnews

A animação ‘Lightyear‘ foi banida em 14 países do Oriente Médio e da Ásia, e não deve estrear na China, o maior mercado de filmes do mundo. A produtora Galyn Susman disse à Reuters que as autoridades na China pediram cortes para o filme, que a Disney se recusou a fazer, e ela assumiu que o filme também não será  lançado lá.

A razão para o veto seria a presença de um casal de personagens do mesmo sexo, que se beijam numa cena. De acordo com a agência, a recusa da Disney em fazer cortes no filme também deve fazer com que a animação não seja exibida na China.

“Não vamos cortar nada, especialmente algo tão importante quanto o relacionamento amoroso e inspirador que mostra a Buzz o que está perdendo pelas escolhas que está fazendo, então isso não será cortado”, disse Galyn Susman à Reuters no tapete vermelho do filme. 

Entre os países que proibiram o filme, que mostra eventos com o personagem Buzz Lightyear anteriores ao primeiro “Toy Story”, estão os Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Egito, Indonésia, Malásia e Líbano.

Leia mais: Filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’ tem censura suspensa

O mesmo aconteceu com "Doutor Estranho 2" no Egito e nos Emirados Árabes Unidos

‘Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore‘ também sofreu censura na China, e teve cenas cortadas referentes ao relacionamento entre o professor de Hogwarts e o vilão Grindewald.

‘Lightyear‘ é uma aventura que apresenta a história definitiva da origem do herói que inspirou o brinquedo, o Buzz Lightyear, apresentando o lendário Patrulheiro Espacial que conquistou fãs de todas as gerações.

reprodução disney

Leia também: Funcionários da Pixar acusam Disney de censura a personagens LGBTQ+ em filmes

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades. 

Classificação Indicativa: Livre