Entretenimento

Ex-Fazenda processa companhia aérea e ganha indenização; entenda

Reprodução / Instagram

Débora Lyra foi eleita a mulher mais bonita do país em 2010 ao vencer o concurso de Miss Brasil

Publicado em 03/12/2021, às 08h00    Reprodução / Instagram    Redação

Muita gente já teve a mala extraviada em diferentes aeroportos do Brasil. Mas, a ex-Miss Brasil 2010, Débora Lyra, decidiu levar o caso à Justiça e vai embolsar uma indenização pelo ocorrido em fevereiro do ano passado. Segundo informações divulgadas pela colunista Fábia Oliveira, a participante da 7ª edição de 'A Fazenda' moveu uma ação contra a companhia aérea Azul, que também teve problemas judiciais com a cantora Elba Ramalho, depois de ter sua mala "perdida".

De acordo com a publicação, ela comprou passagens de Vitória da Conquista até Salvador, e depois rumo a Maceió. Ela saiu às 10:15h e chegou às 15:40h, mas ao desembarcar em Maceió, sua mala não aparecia na esteira. Horas depois, foi informada por atendentes da aérea que a mala havia sido extraviada, assim como aconteceu com a cantora Ludmilla, com todos os seus pertences dentro que, segundo a famosa, seriam usados para um evento importante.

Ainda segundo a colunista, a mala foi encontrada e devolvida somente no final do dia. Com o transtorno, Débora processou a companhia e mesmo tendo o recurso negado em primeira instância, levou em frente a ação e quase dois anos depois receberá R$ 5 mil de indenização. Em seu perfil oficial do Instagram, a modelo - que agora se dedicar às areas de empreendedorismo e marketing digital - não chegou a comentar o assunto. A sua última publicação, até a manhã desta sexta-feira (3), foi sobre a reforma do seu apartamento.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre