Famosos

Após ter sido intimada, Carla Diaz diz que ela não prestou queixa e que racismo reverso não existe

[Após ter sido intimada, Carla Diaz diz que ela não prestou queixa e que racismo reverso não existe]
08 de Abril de 2021 às 17:55 Por: Reprodução/ TV Globo Por: Redação BNews

A ex-BBB Carla Diaz disse nas redes sociais nesses quinta-feira (8) que recebeu uma intimação para depor na polícia sobre um inquérito que investiga se ela foi vítima de discriminação racial no BBB21. A atriz explicou ela não prestou queixa e ressaltou que racismo reverso não existe.

"Eu levei um susto, óbvio, até porque alguém pediu para a delegacia instaurar um inquérito, e eu vou ter que prestar esclarecimento sobre um procedimento de preconceito racial. Sim, como se eu fosse a vítima", disse a atriz.

A alegação de que Carla teria sofrido racismo foi pelo deputado estadual Anderson Moraes (PSL-RJ) em fevereiro, que também fez a denúncia na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), do Rio de Janeiro. Na época, ele argumentou que Lumena Aleluia, também ex-participante do reality, teria praticado "racismo contra brancos" por ter chamado a atriz de "sem melanina", "desbotada" e dizer que ela tinha "olho de boneca assassina".

Em vídeo publicado no Twitter, Carla afirmou ter ficado chateada com a situação e que acha essa denúncia um absurdo: "Acho importante afirmar aqui que racismo reverso não existe. Gente, por favor, vamos ler, vamos nos informar, internet tá aqui pra isso. O programa debateu racismo a semana toda. Eu tô muito chateada, até porque tudo isso começou quando eu ainda estava na casa, usaram o meu nome sem o meu conhecimento para me colocar nessa situação". 

 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar