Especial

BNews Novembro Negro: Veja 5 lugares de Salvador que homenageiam traficantes de escravizados

Reprodução/Youtube

O BNews percorreu esses lugares da capital baiana que podem ter os nomes alterados

Publicado em 24/11/2021, às 16h56    Reprodução/Youtube    Diego Vieira

Localizada no bairro de Nazaré, em Salvador, a Rua do Bângala está inclusa na lista de espaços públicos da capital baiana que se encontram no centro de uma discussão: o motivo? São os nomes desses lugares que prestam homenagem a traficantes de escravizados.

No caso da Rua do Bângala, o homenageado é ao senhor de engenho e proprietário de escravos Balthazar de Aragão, o Bângala, que segundo historiadores, morou na rua entre 1599 a 1614. Os documentos mais antigos apontam que Balthazer perseguiu africanos e os tratavam com crueldade os castigavam com bastante rigor. 

Além da rua do bairro de Nazaré, Salvador possui outros espaços públicos batizados com nomes de escravocratas. O BNews percorreu esses lugares da capital baiana que podem ter os nomes alterados caso o Projeto de Lei apresentado pela vereadora Marta Rodrigues (PT), que acrescenta ao Estatuto da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa de Salvador , dispositivos que proíbem e pedem a retirada de homenagens a escravocratas em locais públicos da cidade, seja aprovado.

Assista:

Classificação Indicativa: Livre