Esporte

Vitória vence a Ponte Preta e segue com chances de acesso

Após sofrer pressão, o alivio para o Vitória aconteceu aos 42 minutos

Publicado em 27/09/2011, às 11h50        Thiego Souza

Em um jogo nervoso, tenso e com emoções, o Vitória se recuperou da goleada para o Sport 4 a 0. Jogando diante da Ponte Preta, o rubro-negro fez seu dever de casa, venceu por 2 a 0, se mantendo em 7º na série B, porém diminuindo para cinco pontos a distancia para o G-4.

Logo aos 3 minutos a Ponte Preta quase abre o marcador. Ricardo Jesus desvia de cabeça e a bola tira tinta da trave de Douglas. Um minuto depois o atacante do time de Campinas acertou a trave do rubro-negro.

Aos 23 minutos, Alison e Ricardinho se desentendem, com isso o juiz não pensou duas vezes, expulsando os dois jogadores.

Com espaço, o Vitória abriu o marcador aos 29 minutos. Marquinhos bate escanteio, Zé Luis desvia de cabeça e manda no fundo das redes, marcando seu primeiro gol com a camisa do rubro-negro.

O jogo voltou truncado no segundo tempo, mas os primeiros lances de perigo saíram de jogadores da Ponte Preta. Aos 18 minutos, Mancuso encontra espaço e chuta forte, a bola passa perto do gol de Douglas.

Aos 22 minutos, Geovanni perdeu uma chance incrível. Marquinhos recebeu passe na esquerda e rolou para o meio. Fábio Santos fez o corta-luz, deixando o meia livre, que entrou na área, mas chutou torto, irritando o torcedor.

Aos 37 minutos a Ponte Preta voltou a assustar. Tiago Luis recebe passe na intermediaria, domina, ganha na dividida e chuta forte, mas a bola passa perto do gol de Douglas.

Após sofrer pressão, o alivio para o Vitória aconteceu aos 42 minutos. Nino Paraiba recebe passe em condições legais, invade a área e chuta forte, tirando qualquer chance de defesa para o goleiro Bruno.

VITÓRIA 2 x 0 PONTE PRETA
Campeonato Brasileiro Série B

Vitória
Douglas; Nino, Alison, Jean e Fernandinho; Zé Luís, Uelliton (Maurício), Charles e Geovanni (Mineiro); Marquinhos e Fábio Santos (Neto Baiano).
Técnico: Vágner Benazzi

Ponte Preta
Bruno; Patric, Wescley, Ferrón e João Paulo (Marcos Diogo); Mancuso, João Paulo Silva (Thiago Luiz), Xaves e Renatinho; Ricardinho e Ricardo Jesus.
Técnico: Gilson Kleina

Data: 27/09/2011
Local: Estádio Barradão, em Salvador
Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ), assistido por João Coelho de Albuquerque (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ).
Cartões amarelos: Nino, Fábio Santos, Charles Vágner (Vitória) e Xaves, Mancuso (Ponte Preta)
Cartões vermelhos: Alison (Vitória) e Ricardinho (Ponte Preta)
Gols: Zé Luís (Vitória).

Classificação Indicativa: Livre