Esporte

Bahia é batido pelo Corinthians e pode afundar no Z4

Vitor Tamar/EC Bahia

O jogo marcou o retorno da torcida aos jogos do Corinthians, após autorização do governo paulista

Publicado em 05/10/2021, às 23h25    Vitor Tamar/EC Bahia    Redação Galáticos Online

Em jogo com expulsão e dois pênaltis, Corinthians bate o Bahia por 3 a 1 e momentâneamente, entra no G-4 após dois anos. O Timão agora tem 37 pontos e ocupa a quarta colocação, já o Esquadrão, permanece na zona de rebaixamento e pode ser ultrapassado, além de ver a distância aumentar.

Após vencer o tricolor de virada na noite desta terça-feira (5), o Corinthians irá enfrentar um time do nordeste, mais uma vez. O alvinegro viaja para Recife onde jogará contra o Sport, no próximo sábado (9), na próxima rodada. O elenco do Bahia segue viagem para Curitiba, onde visita o Athlético-PR, também no sábado, na Arena da Baixada.

O JOGO

O Corinthians começou bem na partida e, aos 12’, Róger Guedes, recebeu pela esquerda, pedalou para cima da marcação e chutou para defesa do goleiro Mateus Claus.

Chegando pouco na área do Timão, aos 28’ Gilberto reclama de ser puxado na área, após cruzamento, e aos 30’, após checagem no VAR, o árbitro marca pênalti para o Bahia. Dois minutos depois, o próprio camisa 9 tricolor bate no canto esquerdo do goleiro Cássio, que pulou no lado oposto, abrindo o placar.

Nos acréscimos, aos 46’, Giuliano chuta rápido de direita e a bola explode no braço de Lucas Araújo, dentro da área, o juiz marcou o pênalti e expulsou o volante do Bahia, que recebeu o segundo amarelo na infração. Três minutos depois, Róger Guedes bate no canto direito, oposto do goleiro, empatando a partida.

SEGUNDO TEMPO

Logo no começo, aos 6’, após falta de Juninho Capixaba, Fagner cruza na área e Cantillo desvia de cabeça na primeira trave, a bola encobre o goleiro Mateus Claus e morre na segunda trave, virando para o Corinthians.

Aos 13’, após bela tabela com Jô, Giuliano finaliza para boa defesa do goleiro do Bahia, que ainda pega o rebote de Gabriel Pereira, evitando o gol do Timão.

O Corinthians chegou ao terceiro gol após boa jogada de Gabriel Pereira que cortou da direita para a esquerda e finalizou para outra boa defesa do arqueiro tricolor, mas Jô, no rebote, bateu e ampliou. O gol havia sido anulado no lance, mas o VAR, dois minutos depois, confirmou.

Leia mais

Além dos afastados, atletas lesionados vão trabalhar em time de transição no Vitória

Bruno Reis avalia possibilidade de retorno do público aos estádios de Salvador: "A expectativa é anunciar essa semana"

Tentando sair do Z-4, Bahia visita o Corinthians pela Série A

Classificação Indicativa: Livre