Esporte

"A fórmula do Campeonato Baiano será copiada por outros estaduais"

Imagem "A fórmula do Campeonato Baiano será copiada por outros estaduais"

Presidente da FBF irá chefiar delegação no jogo entre Brasil e Inglaterra

Publicado em 02/02/2013, às 10h21        Leonardo Santana (Twitter: @leosouzasantana)

O presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, será o chefe da delegação da seleção brasileira pela primeira vez e irá acompanhar o time canarinho no jogo entre Brasil e Inglaterra que acontece na próxima quarta-feira (06), no estádio de Wembley, em Londres. Ednaldo embarca para São Paulo neste sábado (02) e seguirá para a Inglaterra no domingo (03).


“Ficamos sensibilizados positivamente porque é um reconhecimento da CBF ao nosso trabalho e isso prestigia o futebol baiano. Como desportista baiano é uma honra acompanhar a seleção brasileira no primeiro amistoso do ano”, declarou o presidente da FBF.

Ednaldo foi convidado pelo presidente da CBF, José Maria Marin, e disse que o cargo que irá assumir é bastante cobiçado. “Esse convite demonstra a força do futebol baiano. Irei lá para representar o futebol do nosso estado com dignidade”, complementou.

Em outras ocasiões, Ednaldo recusou o convite para acompanhar as seleções de base, por conta do acúmulo de funções e a preocupação com os clubes baianos em competições nacionais. Entretanto, o presidente da FBF esteve junto à delegação brasileira, como um dos delegados da CBF na Copa do Mundo de 2002, junto com o atual técnico Felipão e traz boas recordações. “Essa parceria já fez sucesso e espero que traga sorte novamente ao Brasil”, finalizou o novo chefe de delegação da seleção brasileira.

Campeonato Baiano

Em relação à nova fórmula de disputa do Campeonato Baiano, o presidente da FBF, em entrevista ao Bocão News, demonstrou que está satisfeito com a competição estadual e que o modelo implantado pela federação é um sucesso. “Tudo que é novo tem seu tempo de adaptação e pode ter certeza que o Campeonato Baiano vai ser copiado por muitos outros estados. É o futuro dos estaduais este modelo de campeonato”, disse Ednaldo.

Segundo o presidente da entidade baiana, a nova fórmula de disputa do Campeonato Baiano dá condições aos clubes de realizarem pré-temporada, férias e planejamento, evitando lesões. Além disso, outra questão levantada por Ednaldo faz referência ao calendário do futebol brasileiro.

“O campeonato está seguindo normalmente. Somos os pioneiros nesta fórmula e, inclusive, a crítica nacional tem feito elogios em comparativo ao Campeonato Paulista, não em relação ao patamar financeiro, mas em relação às datas do calendário que são muito apertadas, fazendo com que os times joguem as quartas e domingos”, finalizou.

Copa do Nordeste

Um fato que tem chamado a atenção, em relação ao Campeonato do Nordeste, é a falta de público nos estádios baianos. A competição regional que é de suma importância para o futebol nordestino, tanto financeiramente, quanto tecnicamente, tem deixado a desejar na presença dos torcedores nos jogos.

Em relação ao questionamento, Ednaldo ressaltou que o futebol brasileiro ainda está no início de temporada, mas que em breve o torcedor baiano deverá comparecer aos estádios. “O campeonato começou no dia 19 de janeiro e já tem quatro rodadas. É um campeonato relâmpago e o torcedor vai chegando aos pouquinhos. Domingo já teremos uma resposta diferente no jogo entre Bahia e ABC, pois o torcedor queria o campeonato do Nordeste e irá apóia-lo, pois fortalece o futebol da região”, finalizou Ednaldo.


Nota originalmente postada às 16h do dia 1º

Classificação Indicativa: Livre