Esporte

Balanço do Vitória aponta déficit de R$ 42.320 mil; clube acusa antigas gestões por saldo negativo

Divulgação/Álvaro Lemos

Segundo o clube, o saldo negativo decorreu de três fatos registrados no exercício, que se deram em função do não pagamento de obrigações tributárias

Publicado em 27/04/2022, às 15h02    Divulgação/Álvaro Lemos    Redação Galáticos Online

O Vitória divulgou, na manhã desta quarta-feira, o balanço financeiro referente ao ano de 2021. No documento, o clube aponta um déficit de R$ 42.320 mil no último ano. Segundo o clube, o saldo negativo decorreu de três fatos registrados no exercício, que se deram em função do não pagamento de obrigações tributárias, cíveis e trabalhistas vencidas ao longo de 2021.

Leia mais: 

Quatro partidas encerram a 4ª rodada da Série B nesta quarta-feira; veja

Torcedor do Boca Juniors que foi preso por ato racista paga fiança e é liberado pela polícia

Liverpool recebe Villarreal pelo jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões

Ainda de acordo com o clube, caso não houvesse dívidas com o PROFUT, IPTU e contencioso Judicial - cível e trabalhista, o rubro-negro baiano apresentaria resultado contábil positivo de R$ 943 mil no exercício 2021, demonstrando que o Clube com uma gestão competente, transparente e trabalho conjunto, tem condições de reverter estes resultados no médio prazo e retomar o equilíbrio econômico e financeiro da instituição.

Vale lembrar que em 2020, o clube havia informado um déficit de aproximadamente R$ 10 milhões. na época, o documento apontava os impactos da pandemia nos cofres rubro-negros e cita redução dos valores pagos por patrocinadores, diminuição do programa de sócios, bem como a ausência de público no estádio.

Confira, na íntegra, a nota divulgada pelo clube.

NOTA À IMPRENSA – RESULTADO BALANÇO 2021

O Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória, na prática habitual de transparência na gestão, vem comunicar e publicar o balanço patrimonial do exercício encerrado no dia 31 de dezembro de 2021, e suas demonstrações.

Os resultados estão apresentados consolidados com o do Vitória S/A, atendendo uma demanda antiga do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal do Clube, fato apontado, inclusive, nas ressalvas nos balanços registradas pela auditoria independente nos exercícios anteriores.

O Resultado contábil do Esporte Clube Vitória e Vitória S/A foi negativo em R$ 42.320 mil, e decorreu basicamente de 03 fatos contábeis registrados no exercício, todos eles em função do não pagamento de obrigações tributárias, cíveis e trabalhistas vencidas ao longo de 2021, conforme detalhamos a seguir:

PROFUT – Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional, decorrentes da inadimplência total das parcelas a partir de julho/21 e pelo pagamento parcial das parcelas a partir de março/2017. Impacto no balanço na ordem de R$ 3.267 mil;

IPTU – Reversão dos valores de benefícios fiscais, e aumento da provisão para pagamento do ISS/Bingo e RMU-Permissão de uso, devidos à Prefeitura Municipal de Salvador (BA), pelo não pagamento das parcelas vencidas a partir de janeiro/21. Impacto no balanço na ordem de R$ 24.951 mil;

Contencioso Judicial – cível e trabalhista – Aumento das provisões com impacto na ordem de R$ 15.045 mil (originadas em gestões anteriores ao exercício 2021).

Diante dos números acima, verifica-se que sem os efeitos destes registros o Esporte Clube Vitória, apresentaria resultado contábil positivo de R$ 943 mil no exercício 2021, demonstrando que o Clube com uma gestão competente, transparente e trabalho conjunto, tem condições de reverter estes resultados no médio prazo e retomar o equilíbrio econômico e financeiro da instituição.

Fabio Rios Mota

Presidente em exercício do Esporte Clube Vitória

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre