Esporte

Ednaldo Rodrigues estaria sem apoio dentro da CBF; entenda

Divulgação/ Rafael Ribeiro
Presidente da CBF vem sofrendo críticas sobre seu trabalho à frente da entidade  |   Bnews - Divulgação Divulgação/ Rafael Ribeiro
Luiz San Martin

por Luiz San Martin

[email protected]

Publicado em 23/11/2023, às 22h03


FacebookTwitterWhatsApp

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, está sem grandes apoios dentro da entidade. De acordo com o colunista Athos Moura, do O Globo, Rodrigues tem apenas três dos oito vice-presidentes da CBF ao seu lado.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

Alguns dos vices já tornaram o rompimento público, como por exemplo Rubens Lopes, presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Lopes, inclusive, enviou ofícios ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), ao Ministério Público (MPRJ) e também ao consórcio Maracanã, informando que toda a responsabilidade sobre o jogo Brasil e Argentina no Maracanã era da CBF.

Além da flata de apoio, Ednaldo Rodrigues também é acusado de não cumprir acordos e esvaziar algumas áreas da CBF, sobretudo a de futebol, que está sem diretor desde a demissão de Juninho Paulista. Outro fato que não agrada nomes dentro da entidade é a forma como o presidente conduziu a passagem do cargo de treinador da seleção principal após a saída de Tite.

Ainda de acordo com Athos, um episódio que ilustra a situação de "solidão" do presidente da CBF foi quando o mesmo foi nomeado conselheiro da Fifa, em um evento que aconteceu na própria sede da CBF e que contou com a presença de Giannu Infantino, presidente da entidade mundial. Poucos presidente de federações estiveram presentes e alguns sequer foram convidados.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp