Esporte

Xodó da torcida, Daniel Jr projeta sequência como titular e comenta versatilidade no ataque; confira

Reprodução/ TV Vitória Betsat
Daniel Jr foi o autor do único gol do Vitória na eliminação diante do Botafogo  |   Bnews - Divulgação Reprodução/ TV Vitória Betsat
Luiz Guilherme

por Luiz Guilherme

[email protected]

Publicado em 29/05/2024, às 16h20



Autor do único gol do Vitória na eliminação diante do Botafogo pela terceira fase da Copa do Brasil, o meia Daniel Jr teve suas esperanças de titularidade renovadas após a chegada do novo técnico Thiago Carpini. 

Durante entrevista coletiva realizada na última terça-feira (28), no estádio Manoel Barradas (Barradão), o meia se colocou a disposição de Carpini para atuar em outras posições e afirmou que se sente confortável em quase todas as posições do setor ofensivo. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

Ali na frente me adapto bem em todas as posições, acho que o que eu menos faço é centro-avante. Extremo pela beirada, lado esquerdo ou direito, tenho sim condições de jogar", afirmou o camisa 80 do Rubro-Negro. 

Muito questionado sobre seu desempenho sem a bola, o que seria um dos fatores de sua falta de oportunidade na equipe no comando de Léo Condé, Daniel Jr comentou já ter conversado sobre isso com Thiago Carpini, que lhe passou algumas orientações.

Já conversamos. Nos treinamentos ele me posiciona, mostra onde que eu devo estar em certas situações de jogo e isso é com o tempo também, ele chegou agora, ta mostrando sua filosfia de trabalho, seu jeito que ele gosta que a gente se comporte dentro de campo. Então, com o tempo, isso vai melhorando naturalmente", comentou o meia.

Sendo um dos 'xodós' da torcida do Vitória, que sempre cobram a titularidade do meia de 22 anos, Daniel Jr pregou calma e disse que terá mais oportunidades.

 Sobre ser titular, é opção do treinador. Com o professor chegando agora vou ter mais oportunidades. Com o Léo não tive muitas oportunidades, mas também aprendi muito com ele. É ter calma. Não tenho problema físico. Quando tiver sequência vai ganhando e se adaptando. É deixar o treinador decidir", comentou.

Tem coisas que fogem do nosso controle. No futebol não depende só da gente. É um todo, equipe. Na hora certa as coisas vão acontecer naturalmente. É ter calma, continuar trabalhando firme", finalizou o jogador.

Assista ao Arena BNews da edição da última segunda-feira (27)

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp