Famosos

Mulher trans dá detalhes e revela que foi 'ativa' com ex-jogador do Vitória acusado de agredir a esposa

Reprodução / Instagram

Murilo Becker foi denunciado por Patrícia Pontes após série de violência doméstica

Publicado em 14/09/2021, às 09h07    Reprodução / Instagram    Redação BNews

O caso de Murilo Becker, acusado de agredir a mulher Patrícia Pontes, é daqueles que quanto mais procura, mais se acha. O novo capítulo dessa história são as revelações da modelo Vanessa Vaz, de 42 anos, uma mulher trans com quem o ex-jogador do Vitória traiu a esposa durante a gravidez de quadrigêmeos, que nasceram com paralisia cerebral.

Em entrevista ao youtuber Bruno Di Simone, que também conversou com a vítima, ela contou detalhes do envolvimento que teve com o atleta, inclusive que foi 'ativa' durante a relação. "Homens, quando procuram mulheres trans, querem algo a mais". "A gente não tem muita intimidade com o cliente. Nesse caso, por exemplo, foi uma relação profissional, e não um envolvimento. Foram dois atendimentos de uma hora cada, nos dias 27 e 28 de novembro", revelou.

Leia também
Noivo de Sthe Matos se declara após ela ser anunciada em 'A Fazenda' e mostra vídeo fofo do filho da blogueira; assista
Após dizer que "não banca homem", Jojo Todynho aluga apartamento para novo namorado, relembre vídeo
Veja quem são os novos participantes confirmados em 'A Fazenda'

Vanessa conta que cada programa foi cobrado o valor de R$ 300 pela hora e que Becker se mostrou "muito à vontade, foi gentil, educado, supercarinhoso e, em momento algum, agressivo". No entanto, decidiu expor a situação após ter conhecimento das agressões,que foram negadas pelo jogador. "A gente não pode deixar isso impune, tem que fazer barulho, se unir. A mulher é um bem precioso... deve ser respeitada, e os homens precisam saber disso, principalmente os machistas, que acham que podem atacá-las", frisou.

Antes, em contato com o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a modelo confirmou que foi procurada pela esposa do jogador, mas optou por não se manifestar.  “Quando você faz programa, você não tem que dar esclarecimento para nenhuma esposa de cliente. Então, eu me achei no direito de ficar calada. Até porque, naquele momento ele estava casado com ela e eu não queria destruir casamento de ninguém. Então eu dizia: “‘Não tenho nada para falar com você, Patrícia’ e bloqueava ela. Só que, doeu em mim quando eu vi aquela matéria da agressão. Então eu resolvi falar por ela. Para ajudar ela”.

Posteriormente, voltou atrás e procurou Patrícia para desmascarar Becker. “Quando vocês publicaram sobre as agressões, eu entrei em contato com a Patrícia e disse à ela: ‘Patrícia, eu sinto muito. No que eu puder te ajudar, como mulher trans, estarei do seu lado e te apoiarei. O que você quer saber?’. E ela disse que queria saber o que havia acontecido entre Murilo e eu. Expliquei que não vivemos um namoro e que foi só como garota de programa. E ela disse que queria essa confirmação pois ele negava que teria tido algum relacionamento enquanto ela estava grávida dos quadrigêmeos”.

Ainda durante o bate-papo, Vanessa não escondeu a indignação pelas agressões sofridas pela ex-mulher do jogador. "Ele é um cara muito safado. Um homem que agride uma mulher é um pilantra. Eu quero mostrar a pessoa que ele é. O canalha que ele é. As pessoas acham que a Patrícia está mentindo e atacam ela dizendo que quer mídia, mas eu estou aqui prestando solidariedade a ela. Ela é mãe e quadrigêmeos. Ele é um marginal”.

Acompanhe oBNewstambém nas redes sociais, através doInstagram, doFacebooke doTwitter

Classificação Indicativa: Livre