Geral

Pescadores de Praia do Forte são obrigados a deixar colônia

Intimação da Justiça Federal deu 30 dias para que os 300 profissionais cumpram ordem

Publicado em 01/10/2011, às 08h11        Redação Bocão News

Pescadores que trabalham na Colônia Z – 38, que funciona há mais de 30 anos em Praia do Forte, Litoral Norte da Bahia, receberam uma intimação da 7º Vara da Justiça Federal para desocupar o local. Datado de 16 de setembro, o mandado informa que a construção será demolida em um prazo de 30 dias, a contar da data do recebimento.
A Colônia de Pesca serve de base para cerca de 300 pescadores, que utilizam o local para guardar equipamentos e objetos, além de ser um ponto onde são guardados pescados.
A justificativa para a derrubada, segundo o presidente da Colônia, Eder Garrido Fogos, é que a Colônia é uma construção irregular que ocupa uma área que pertence à União. O mandado também exige a retirada dos pescadores da colônia. 
Insatisfeitos com a ordem judicial, os pescadores estão dispostos a fazer mobilizações contra a derrubada da casa, que possui cerca de oito por 10 metros quadrados, segundo Garrido Fogos. 

Classificação Indicativa: Livre