Geral

Tragédia no RS faz ACM Neto investigar casas de show de Salvador

Orientação é fechar o cerco contra espaços que não atendam a exigências mínimas

Publicado em 28/01/2013, às 07h59        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A tragédia ocorrida em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, também levou a equipe do prefeito ACM Neto (DEM) a se antecipar e se preocupar com as casas de show que funcionam em Salvador.


A medida inclui também uma vistoria mais rigorosa nos camarotes que estão sendo construídos para o Carnaval de Salvador. “Quem não estiver enquadrado nos padrões e normas técnicas será interditado”, disse o prefeito. ACM Neto afirmou, ainda, que neste domingo entrou em contato com o superintendente da Sucom, Sílvio Pinheiro, para que as providências fossem adotadas imediatamente.
“A tragédia de Santa Maria, que ganhou repercussão mundial, serve de alerta para todos nós. Todos nós somos solidários às famílias das vítimas, mas temos de tomar as providências necessárias para evitar que fatos semelhantes aconteçam”, disse Neto. De acordo com o prefeito, os engenheiros e técnicos da Sucom vão iniciar o reforço na fiscalização pelos camarotes. "Em seguida, a medida será ampliada para todas as casas de espetáculos da cidade."

Ao Bocão News, o vereador Marcos Prisco (PSDB), que criticou o estado que o Corpo de Bombeiros se encontra, disse que vai entrar no Ministério Público para fazer vistoria no órgão para que seja verificado as condições que a coorporação se encontra. Já o vereador do PV, Marcell Morais, publicou em seu Facebbook, que ligou para o prefeito para marcar uma audiência nesta segunda-feira (28), sobre a fiscalização das boates de Salvador .

A orientação é fechar o cerco contra espaços que não atendam a exigências mínimas de funcionamento levando em conta o fato de que a cidade já entrou no período pesado de festas.

Classificação Indicativa: Livre