Geral

FTC: professores param Paralela e dizem que PM agiu com violência

Imagem FTC: professores param Paralela e dizem que PM agiu com violência

Categoria cobra pagamento de salários atrasados, 13º, férias e outros benefícios

Publicado em 04/06/2013, às 10h09        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Professores e alunos da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Feira de Santana e Salvador, fazem manifestação por conta do atraso no pagamento de salários, férias e recesso.  Na manhã desta terça-feira (4), os profissionais da capital baiana  e alunos iniciaram um protesto na Avenida Paralela. As fotos da manifestação foram enviadas por leitores do Bocão News.



De acordo com um dos manifestantes, que conversou com a equipe do Bocão News, "a polícia ,chegou batendo. Até uma colega grávida passou mal. Por isso, tivemos que voltar para a faculdade e interromper o movimento", contou. O manifestante afirmou ainda que a PM não tentou negociar e usou os cacetetes contra os professores. Além disso, houve manifestantes que receberam tiros de borracha dos policiais, conforme foto de leitor enviada à redação do site.



Em Feira a categoria já decretou greve. Entre as reclamações, além do atraso nos vencimentos estão o não pagamento do 13º salário e problemas com o depósito do FGTS. A paralisação oficial dos professores se dará amanhã.



A reportagem do Bocão News já entra em contato com a Polícia Militar para obter informações sobre a ação dos policiais e esclarecer as denúncias.

Classificação Indicativa: 18 anos