Geral

Legalização do aborto em discussão

Plataforma tem o objetivo de sensibilizar as autoridades

Publicado em 28/09/2010, às 14h43        Luiz Fernando Lima

A liberação do aborto foi um dos temas mais comentados durante a campanha eleitoral deste ano. A maioria dos candidatos à presidência da República preferiu não tratar a questão como algo fechado, apesar de declararem a sua visão pessoal sobre o tema, eles defenderam a discussão aberta com a sociedade para se chegar a um denominador comum.

Nesta terça-feira (28), diversas entidades feministas lançaram a Plataforma para Legalização do Aborto no Brasil. O objetivo da plataforma é reduzir a mortalidade materna, estimular o planejamento familiar e, inclusive, reduzir o número de abortos, isto é o que assegura as representantes dos movimentos sociais.

A data é simbólica, pois marca o Dia Latino Americano e Caribenho pela Despenalização do Aborto. O documento será encaminhado a diversas organizações que integram a Frente Nacional Contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto. Entidades profissionais de médicos, enfermeiros e juristas, além de parlamentares, também receberão o texto

Classificação Indicativa: Livre