Geral

Criança passa quase 2 meses com bateria para brinquedo no nariz

Imagem Criança passa quase 2 meses com bateria para brinquedo no nariz

Vítima foi seis vezes a pronto socorro, mas médicos não viram o problema

Publicado em 26/04/2014, às 17h21        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)


O menino Henrique Silva Santos, de 2 anos, passou quase dois meses com uma bateria para brinquedo dentro do nariz, segundo reportagem publicada pelo site G1. A família contou que ele foi atendido seis vezes no Serviço de Atendimento da Unimed no Setor Oeste, em Goiânia, mas nenhum profissional viu o objeto. No período em que esteve no nariz da criança, a bateria vazou e a cartilagem que divide as cavidades das narinas, o septo nasal, acabou sendo necrosada.
No dia 3 deste mês, Henrique foi submetido a uma cirurgia para retirada do objeto, mas o líquido da pilha, que é corrosivo, já tinha danificado a cartilagem. Ao G1, a assessoria de imprensa da Unimed em Goiânia afirmou em nota que a empresa está atenta ao fato ocorrido com o menino e está tomando as providências cabíveis. A família registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil contra o plano de saúde e os médicos que atenderam a criança.

Fotos e informações do G1

Classificação Indicativa: Livre