Geral

Número de mortes causadas por tragédia sobre para 163 no Rio Grande do Sul

Gilvan Rocha / Agência Brasil
Bnews - Divulgação Gilvan Rocha / Agência Brasil

Publicado em 23/05/2024, às 12h20   Redação



Mais uma vítima fatal foi confirmada pelo governo do Rio Grande do Sul (RS), em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado desde o fim de abril. Com o anúncio desta quinta-feira (23), feito pela Defesa Civil gaúcha, chega a 163 o número de mortes causadas pela tragédia. Além disso, 72 pessoas continuam desaparecidas e outras 806 foram feridas. O estado tem previsão de chuva com pico para esta quinta.

Mais de 647 mil gaúchos estão fora de casa, alojados em abrigos ou na casa de amigos, parentes ou em acampamentos à beira de rodovias. Segundo a Agência Brasil, ainda há 65.762 desabrigados entre 805 locais, como quadras, salões e abrigos. Mais da metade (56,88%) desse grupo é da região metropolitana de Porto Alegre. A segunda maior região do estado com pessoas desabrigadas é o Vale dos Sinos (26,69%). Também foram contabilizados 581.643 desalojados.


Dos 497 municípios totais do Rio Grande do Sul, 468 (94,17%) tiveram suas rotinas impactadas pelas fortes chuvas. Cerca de 2.342.460 pessoas, o equivalente a 21,5% dos 10,88 milhões de habitantes do estado foram atingidas de alguma forma pelas catástrofes causadas pelas cheias e enxurradas. Em meio à tragédia, 82.666 sobreviventes foram resgatados. A Defesa Civil também anunciou o resgate de 12.440 animais com vida. Em maioria, cães e gatos retirados das inundações.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp