Geral

USP anula concurso após sobrinhas de funcionária ficarem em 1º e 2º lugar

Marcos Santos/Jornal da USP

Irmãs, sobrinhas de funcionária da instituição acertaram todas as questões da prova e tiraram a nota máxima

Publicado em 22/07/2022, às 17h12    Marcos Santos/Jornal da USP    Redação BNews

A Universidade de São Paulo (USP) anulou nesta sexta-feira (22) o resultado de um concurso público para técnicos de enfermagem do hospital universitário da instituição após uma suspeita de favorecimento a duas candidatas, sobrinhas uma funcionária do departamento da unidade, que participou da elaboração da prova.

No certame, as irmãs Jessica e Bruna Pimenta, que passaram em 1º e 2º lugar, respectivamente são sobrinhas de Sueli Barros, funcionária do hospital.

As suspeitas tiveram início em 25 de junho, data em que o resultado foi divulgado. Nele, participantes estranharam o mesmo sobrenome, Pimenta, das duas primeiras colocadas e o parentesco delas com uma funcionária do hospital. Por isso, procuraram a ouvidoria da USP.

Segundo a Comissão de Apuração da universidade, não há evidências concretas de vazamento do exame, mas foram constatados problemas de segurança no processo de conferência do gabarito, potencial risco de vazamento das respostas e "conflito de interesses decorrente da participação no processo de conferência do gabarito de um funcionário aparentado com dois candidatos do concurso".

Eram quase 7 mil candidatos disputando 22 vagas (com remuneração de R$ 4,9 mil). De todos eles, só as duas jovens acertaram as 40 questões de múltipla escolha e tiraram a nota máxima.

Por sua vez, Jessica e Sueli negam as acusações e afirmam que estão sofrendo assédio e ameaças pelas redes sociais, segundo o site G1. Já Bruna não respondeu.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre