Região Metropolitana

Rio Sapato e praias de Lauro de Freitas não foram atingidos por mancha de óleo até o momento, diz prefeitura 

[Rio Sapato e praias de Lauro de Freitas não foram atingidos por mancha de óleo até o momento, diz prefeitura ]
11 de Outubro de 2019 às 07:30 Por: Divulgação / Prefeitura de Lauro de Freitas Por: Redação BNews 0comentários

A Prefeitura de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, informou que as praias de Buraquinho, Vilas do Atlântico e Ipitanga estão limpas. Técnicos foram enviados aos locais após a Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (SEMARH) receber denúncias de frequentadores e trabalhadores da praia de Vilas do Atlântico de que a mancha de óleo que atingiu algumas localidades na Bahia também havia aparecido na região. O Rio Sapato também foi inspecionado e não há indícios de manchas.

No ponto da Barraca Buraco da Velha, o funcionário Diego Brito relatou que uma cliente teve contato com uma pequena “pelota” de óleo na areia da praia. A Secretaria de Meio Ambiente acionou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Do Meio Ambiente E Recursos Hídricos (Inema) para avisar sobre o caso e obter orientações. 

De acordo com a oceanógrafa da Semarh, Marina Motta, o vestígio encontrado por banhista, possivelmente, veio através da ação de correntes, marés e ventos. “Percorremos as três praias do município e alguns pontos do Rio Sapato e até o momento não encontramos nenhuma mancha. O vestígio encontrado é um sinal de que as pelotas sólidas podem chegar, mas até o momento as praias estão limpas”, relatou.

Desde quarta-feira (10), segundo a prefeitura, além da SEMARH, a Secretaria de Serviços Públicos (SESP) e da Defesa Civil iniciaram um plano de ação para monitorar as praias e adotar providências imediatas caso as manchas de óleo que afetam o Litoral da Região Nordeste atinjam a orla do município. Para reforçar o alerta nas praias, a ação também vai contar com o equipes salva-vidas. 

Segundo o Executivo Municipal, o Ibama e Inema orientaram as equipes como proceder em caso de surgimento de manchas de óleo, além disso, técnicos da orefeitura integram um grupo de comunicação entre os municípios do Litoral Norte para diálogo de qualquer situação agravante. 

Nesta sexta-feira (11), técnicos da prefeitura participam de reunião convocada por órgão ambientais do Estado, junto com secretarias de meio ambiente dos municípios do litoral baiano atingidos pelas manchas de óleo.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas