Eleições

TRE-BA decide autorizar carreatas com até 60 veículos

[TRE-BA decide autorizar carreatas com até 60 veículos]
11 de Novembro de 2020 às 14:20 Por: Arquivo BNews Por: Redação BNews

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) resolveu flexibilizar as normas impostas contra atos políticos durante a campanha das eleições deste ano. Agora, estão permitidas carreatas com, no máximo, 60 veículos e três pessoas por transporte. 

A distribuição de material gráfico poderá ser feita nas residências e comitês. Confira aqui a nova resolução do TRE-BA

A reportagem confirmou a informação com a assessoria de comunicação do órgão, que também informou que a flexibilização será publicada na edição do Diário Oficial de quinta-feira (12).

"Peço a colaboração dos advogados que recomendem o pessoal do partido, seus candidatos, que vamos evitar aglomeração, respeitar esse momento que a humanidade está passando, esse momento de dificuldade", disse o presidente do TRE-BA, durante a sessão que decidiu pela flexibilização nesta quarta-feira (11).

Os candidatos e seus aliados deverão respeitar regras, como: manter abertas as janelas dos veículos que estarão participando da carreata; ter passado por prévia desinfecção, devendo os participantes observar as medidas de proteção individual;  disposição obrigatória de álcool em gel a 70% para os passageiros; e não será permitido o acompanhamento das carreatas por pessoas a pé.

Repercussão negativa

Na terça-feira (10), o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, havia anunciado em coletiva de imprensa a suspensão dos atos presenciais de campanha política a partir desta quarta em todo o estado. De acordo com o desembargador, a motivação para a medida foi a quantidade de situações ocorridas que potencializam a proliferação do novo coronavírus. 

Após o anúncio do presidente do TRE-BA, políticos em campanha se posicionaram contrários à decisão. Presidentes dos diretórios e comitês municipais do Partido dos Trabalhadores (PT) , Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Rede de Sustentabilidade (Rede), Podemos e Partido Progressita (PP), emitiram um comunicado criticando a decisão.

"Desde o início da pandemia, defendemos o isolamento social para evitar a proliferação do Coronavírus. Após a flexibilização, cobramos a adoção de protocolos de segurança em todos os setores e estamos fazendo uso das medidas sanitárias de proteção em todos os eventos de campanha eleitoral. Consideramos injusta e antidemocrática a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, que proibiu atividades presenciais de campanha como caminhadas, panfletagens, carreatas", afirmaram presidentes dos diretórios e comitês em nota.

Matérias Relacionadas

TRE-BA anuncia suspensão de atos políticos presenciais a partir de quarta-feira (11)

Partidos da base do governador Rui Costa emitem comunicado criticando decisão do TRE de suspender campanha de rua

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar