Justiça

Desembargadora Cynthia Resende desiste de concorrer à 1ª Vice-Presidência do TJ-BA

[Desembargadora Cynthia Resende desiste de concorrer à 1ª Vice-Presidência do TJ-BA]
Por: Ascom/TJ-BA Por: Yasmin Garrido 0comentários

 

A desembargadora Cynthia Maria Pina Resende desistiu, nesta quarta-feira (4), de concorrer à 1ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Nas eleições para presidente da Corte, ela foi derrotada, por 28 a 27 votos, pelo desembargador Lourival Almeida Trindade.

Com a saída de Cynthia do pleito, passou a integrar a disputa a desembargadora Gardênia Pereira Duarte, que afirmou estar surpresa por seu nome integrar a sexta posição da lista, uma vez que ela é a sétima mais antiga do tribunal.

“Eu peço aos colegas a confiança em meu nome, prometo fazer um trabalho de integração, que é o que nosso Tribunal está precisando”, disse Gardênia.

Ainda acontecem, nesta quarta-feira, as eleições para a 2ª Vice-Presidência, Corregedor Geral de Justiça e Corregedor das Comarcas do Interior.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas