Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Celso de Mello afirma que antecipou aposentadoria por razões médicas

[Celso de Mello afirma que antecipou aposentadoria por razões médicas]
25 de Setembro de 2020 às 20:38 Por: Rosinei Coutinho/STF Por: Redação BNews

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, disse, nesta sexta-feira (25), que decidiu antecipar a aposentadoria dele para o próximo dia 13 de outubro por "razões estritas e supervenientes de ordem médica".

"Razões estritas e supervenientes de ordem médica tornaram necessário, mais do que meramente recomendável, que eu antecipasse a minha aposentadoria, que requeri, formalmente, no dia 22 de setembro de 2020!", explicou o ministro, em nota enviada à TV Globo.

Celso de Mello se aposentaria de modo compulsório no dia 1º de novembro, mas decidiu antecipar a saída. 

A decisão foi comunicada ao presidente do STF, Luiz Fux, na última terça-feira (22). O ofício foi encaminhado na quarta-feira (24) para o Ministério da Justiça, responsável por informar o fato à Presidência da República.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso