Justiça

Após ficar foragido, filho de prefeito de Itabuna é preso por homicídio nesta terça-feira; veja detalhes

[Após ficar foragido, filho de prefeito de Itabuna é preso por homicídio nesta terça-feira; veja detalhes]
20 de Outubro de 2020 às 10:49 Por: Reprodução Por: Yasmin Garrido

O filho de Fernando Gomes (PTC), prefeito de Itabuna, no sul baiano, Markson Monteiro de Oliveira, foi preso, na manhã desta terça-feira (20), durante uma operação do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

O mandado de prisão contra ele havia sido expedido em 6 de outubro, após condenação em segundo grau da 1ª Turma da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) a 13 anos de prisão pelo crime de homicídio na modalidade qualificada.

De acordo com a ação penal de autoria do Ministério Público (MP-BA), aberta em 2007, o crime teria acontecido durante uma vaquejada no Haras Redenção, em dezembro de 2006, no município de Floresta Azul. 

O filho do prefeito de Itabuna é acusado de ter assassinado o vaqueiro Alecsandro Honorato. No julgamento de primeiro grau, ele também foi acusado de tortura, cárcere privado e ocultação de cadáver. Segundo a denúncia do MP-BA, Markson contou com a ajuda de um homem identificado como Mazinho para cometer o crime, que também foi condenado por homicídio.

As investigações apontaram, à época, que os condenados renderam Alecsandro e, segundo testemunhas, começaram a torturá-lo ainda diante da multidão. Encontrado numa cova rasa, o vaqueiro chegou a ser enterrado em Itapetinga como indigente, antes de ser identificado.

Clique aqui e veja a ordem de prisão contra Markson, cumprida nesta terça-feira (20).

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar