Justiça

Justiça do Trabalho proíbe demissão coletiva da Ford no Brasil

[Justiça do Trabalho proíbe demissão coletiva da Ford no Brasil]
05 de Fevereiro de 2021 às 23:49 Por: Divulgação Por: Redação BNews

A Justiça do Trabalho concedeu uma liminar nesta sexta-feira (5), que suspende a demissão coletiva de funcionários da Ford da fábrica de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). De acordo com a CNN, a liminar foi solicitada pela Justiça do Trabalho e pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

A decisão determina que a Ford "abstenha-se de promover dispensa coletiva de trabalhadores até logre êxito a negociação coletiva para tal com a entidade sindical profissional, devendo todas as possibilidades serem analisadas e discutidas".

Segundo a decisão do magistrado, empresa não pode suspender o pagamento de salários ou licenças remuneradas, apresentar ou oferecer propostas individuais e nem "praticar assédio moral negocial".

De acordo com o colunista da CNN, Raquel Landim, a empresa não vai se manifestar por ora e que internamente a decisão foi vista com "estranhamento". Os contratos de trabalho estão vigentes e os salários seguem sendo pagos enquanto perdurar a negociação coletiva.

A colunista informa ainda que a Ford vai manter a decisão empresarial e que considera que tem o direito de fechar uma fábrica se assim considerar oportuno, que essa decisão não cabe à Justiça.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar