Política

Por um fio: Futuro de Marcell será decidido na próxima semana; deputado tem dez advogados de defesa

[Por um fio: Futuro de Marcell será decidido na próxima semana; deputado tem dez advogados de defesa]
22 de Outubro de 2020 às 12:43 Por: Arquivo BNews Por: Leo Barsan

Sob risco de perder o mandato por abuso de poder econômico, o deputado estadual Marcell Moraes (PSDB) contratou dez advogados para defendê-lo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na próxima terça-feira (27), às 19h. Documentos obtidos pelo BNews mostram que o relator do processo, o ministro Sergio Banhos colocou o assunto em pauta para a próxima semana. A apreciação do tema havia sido adiada por duas vezes, mas o motivo não foi informado.

O exército de advogados levantado por Marcell para a defesa na Corte eleitoral reúne nomes como o do ex-deputado federal Jutahy Júnior, um dos principais líderes do tucanato baiano, mas que está sem mandato parlamentar. O corpo jurídico construído por Marcell tem sete advogados do Distrito Federal e três da Bahia.

Nos bastidores - agora virtuais - da Assembleia Legislativa, há quem aposte que o destino de Marcell no TSE será o mesmo de Targino Machado (DEM): a cassação. A bancada da oposição tem recebido as decisões do TSE com preocupação e teme um efeito dominó. Isso porque a Corte máxima eleitoral reverteu julgamento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, que havia recomendado pela absolvição tanto de Machado quanto de Marcell.

O tucano será julgado por abuso de poder econômico por ter promovido campanhas de vacinação e castração de animais em cidades baianas com vasta publicidade eleitoral. Os procedimentos, inclusive, foram questionados pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia (CRMV-BA), que entrou com representação contra o deputado no Ministério Público Eleitoral.

A linha do tempo sobre o caso de Marcell Moraes é desenhada há mais de um ano. Entre pedido de vistas do processo e suspensão de julgamento, o parlamentar acabou absolvido pelo TRE-BA em outubro de 2019 pelo placar de quatro votos a três.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar