Mundo

Menina de 3 anos é resgatada viva após 65 horas presa em escombros na Turquia

Reprodução/IFRC

Um terremoto de magnitude 7 gerou uma série de desabamentos e enchentes no país, e também na Grécia, na última sexta-feira (30)

Publicado em 02/11/2020, às 09h05    Reprodução/IFRC    Redação BNews

Quase três dias após um terremoto na região do Mar Egeu matar 81 pessoas, uma menina de três anos foi resgatada nesta segunda-feira (2) de um prédio que desabou na cidade turca de Izmir em virtude do abalo sísmico.

De acordo com informações do portal G1, emissoras de televisão locais mostraram a garota chamada Elif sendo retirada dos escombros e carregada por equipes de resgate em uma maca para uma ambulância.

As duas irmãs e o irmão de Elif foram resgatados junto com sua mãe no último sábado (31).  Contudo, uma das crianças morreu. No domingo, um homem de 70 anos, Ahmet Citim, foi encontrado 33 horas após o tremor e encaminhado ao hospital.

Os esforços de resgate continuam em oito edifícios em Izmir, onde 79 pessoas morreram, tornando o terremoto de sexta-feira (30) o mais mortal na Turquia em quase uma década.

Segundo o portal, o terremoto de magnitude 7 foi sentido na Turquia e na Grécia. Além do desabamento de prédios, o fenômeno provocou enchentes. Mais de 960 pessoas ficaram feridas com 740 já com alta hospitalar. Dois adolescentes morreram na ilha grega de Samos.

Classificação Indicativa: Livre