Mundo

Milhares vão às ruas de Caracas no dia da posse não ocorrida de Chávez

Presidente da Venezuela está em Cuba se recuperando de câncer

Publicado em 10/01/2013, às 10h57    AVN/Xinhua/Estadão Conteúdo    Redação Bocão News

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está em Cuba se recuperando da quarta cirurgia que tenta conter um câncer que há anos infesta seu corpo. Nesta quinta-feira (10) ele deveria estar na capital do país, Caracas, para tomar posse de seu novo mandato de seis anos. Mas, mesmo ausente, o povo do país foi às ruas para celebrar a data e enviar força ao “comandante”.
Depois de uma campanha do governo e também movimentações nas redes sociais do país, centenas de milhares de pessoas compareceram às ruas da capital gritando palavras de ordem como “todos somos Chávez” e “todos somos presidente”. O governo desejava enviar à comunidade internacional uma mensagem de unidade nacional e também legitimidade na decisão de adiar a posse de Chávez.
De acordo com a interpretação da corte suprema nacional, não haveria problema com o adiamento da posse, uma vez que o presidente foi reeleito e não há comprometimento com a continuidade governamental. Desta maneira, Hugo Chávez continua presidente e seu gabinete integralmente montado e em funcionamento.
No evento que seria a posse diversos líderes sul-americanos comaprecerão para fortalecer o movimento. Entre eles estão o presidente da Bolívia, Evo Morales, o uruguaio Jose "Pepe" Mujica, o ex-presidente paraguaio Fernando Lugo e o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño.

Classificação Indicativa: Livre