Mundo

Mulher é declarada morta por engano e perde plano de saúde

Imagem Mulher é declarada morta por engano e perde plano de saúde

Ele precisou provar que estava viva para o governo

Publicado em 17/09/2014, às 15h54        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A americana Carol Tilley, do estado de Michigan, EUA entrou na lista de mortos do governo do país. De acordo com publicação do site G1, tudo começou depois que seu marido morreu de câncer em janeiro. Por causa do erro, ela perdeu a cobertura do plano de saúde e não pôde votar nas primárias de agosto. As coisas só não ficaram piores porque ela recebeu a pensão do marido.

A mulher teve que provar que ainda estava viva. Ela levou as certidões de nascimento e casamento e de óbito do marido para provar que ainda estava viva. Segundo o governo, a falha já foi corrigida.

Foto: Alex Alusheff/Monroe News / AP



Classificação Indicativa: Livre