Colunas / Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: secretário galã ataca nas redes sociais

Arquivo/BNews

Os bastidores da política baiana

Publicado em 20/09/2018, às 00h00    Arquivo/BNews    Editoria de política

O galanteador

Tem um secretário do município de Salvador que vem seguindo diversas jornalistas no Instagram. O papo galanteador é sempre o mesmo à espera de uma resposta positiva nos directs da vida. Mas nada está fácil para o integrante do alto escalão do Palácio Thomé de Souza.

Detran em chamas

A coisa promete pegar fogo a qualquer momento no Detran baiano. Fontes do BNews dão conta de uma mega investigação em torno do órgão sobre fraudes. Uma quadrilha estaria agindo nas entranhas do departamento. Quem viu, disse que o caso é sério e vem de longas datas. Tem muita gente graúda por trás. Da mesma forma, tem muita gente sem dormir. Os “feitos” vão de sistemas de informática a documentação.

O fantasma de Claudio Silva

Hoje candidato a deputado federal, Claudio Silva (PHS) não conseguiu ainda se desgarrar das assombrações remanescentes do tempo em que foi superintendente de Controle e Ordenamento do Solo do Município de Salvador (Sucom). Para piorar seu quadro, o MP-BA decidiu instaurar um inquérito para saber o motivo de o então chefe da Sucom não ter demitido Kátia Carmelo, servidora municipal, como havia sugerido o relatório de um processo administrativo disciplinar concluído em 2011.

A luz que vem de Deus

A licitação para a PPP da iluminação pública de Salvador vem tirando o sono do diretor de Iluminação da cidade, Júnior Magalhães (DEM). Além de se arrastar já por meses por causa de suspensão imposta pela Justiça, a disputa nos bastidores corre em alta. É almoço daqui, jantar dali, consórcios se armam e se desarmam com acordos faraônicos, empresários são envolvidos em contratos de SPE... e por aí vai. Mas, no fundo, no fundo, uma coisa já é certa nesse imbróglio: estão todos esperando uma luz que vem de Deus.

Quem é o caloteiro?

Nas redes sociais, um questionamento ganhou corpo nesta semana: quem é o candidato a deputado federal que está dando calote por aí? No Instagram, sobrou até para Leo Prates (DEM). Veja:

O procurado

Lembram do playboy em apuros? Ele segue dando o que falar nas rodas de conversas da cidade. Depois da repercussão causada com o caso revelado aqui por esta coluna, todas as portas passaram a se fechar para o cidadão. Por sinal, e por milagre, ele foi visto em um evento fechado acompanhado de uma loira que chamava a atenção de todos.

Os números

A pesquisa Ibope/TV Bahia mostrou a tendência de um cenário que Jutahy Júnior (PSDB), candidato ao Senado na chapa de Zé Ronaldo (DEM), tanto temia: Irmão Lázaro (PSC), seu colega de chapa, é quem deslancha em direção à segunda vaga para senador que a Bahia terá. Os números também apontam para a quebra do tradicional voto casado para senador. Jaques Wagner (PT), da chapa de Rui, lidera a corrida pela Casa Alta do Congresso, sendo que o colega poderá vir do time adversário.

Luz no fim do túnel

Se por um lado Irmão Lázaro mantém estável no segundo lugar, os dados do Ibope, criticados por aliados de Zé Ronaldo, mostraram ainda o crescimento de Angelo Coronel (PSD) na briga pelo Senado. O aumento no índice percentual deu uma sobrevida ao chefe do Legislativo baiano. Nos bastidores da campanha, a aposta para salvar o pessedista é o voto do eleitorado interiorano.

Sem clima

Nesta semana, o grupo do candidato ao governo pelo DEM, Zé Ronaldo, fez um encontro com lideranças em Salvador. Entre fotos e holofotes, o BNews registrou uma tentativa frustrada da candidata à vice, Mônica Bahia (PSDB), de tirar um selfie alegre e descontraída. Vejam a empolgação e sorriso largo de Zé Ronaldo:

Farinha pouca...

Uma matemática instaurada com a nova legislação eleitoral está penalizando candidatos a Legislativo estadual. Agora, a quantidade de deputados federais vai nortear o quanto o partido receberá do Fundo Partidário e quanto terá de tempo de televisão nas eleições de 2020 e 2022. Daí o motivo de as direções partidárias estarem, agora, repartindo o bolo somente, em sua maioria, entre a turma que disputa a Câmara dos Deputados. Tem sido briga de foice para tudo quanto é canto.

...meu pirão primeiro

A divisão privilegiada do bolo tem causado estragos na Bahia a partidos históricos como DEM e MDB. ACM Neto, por exemplo, tem sido taxativo ao afirmar que os candidatos a deputado estadual não tem direito a verba partidária e não adiantam reclamar. Essa foi uma decisão tomada pela executiva nacional e não por ele, faz questão de esclarecer. No PSL, o bicho está pegando. Integrantes da legenda no estado cobram uma justificativa da direção porque apenas uma integrante teve direito. Seria mais ilustre que os colegas a postulante a deputada federal Dayane Pimentel? É o que eles querem saber. No MDB, Lucio Vieira Lima já foi vítima da mesma acusação. É o verdadeiro salve-se quem puder.

De Brotas...

Um bate-boca no bairro de Brotas, em uma espécie de comitê improvisado, deu o que falar. Os conflitos, relatavam vizinhos, são constantes no local. Curiosos, os moradores trataram de procurar saber o que há por trás das desavenças e constataram: o candidato contrata de mocinhas as senhoras para trabalharem em sua campanha, mas na hora de pagar, toma chá de sumiço. O povo já está no limite com o aspirante a homem de vida pública.

...a Periperi

Um candidato a reeleição para deputado federal e outra parlamentar que disputa a permanência na AL-BA também chamaram a atenção, desta feita no bairro de Periperi. Lá, os cabos eleitorais pedem que as garotas voluntárias compareçam aos atos arrumadas, com cabelo e maquiagem em dia para panfletar. O critério de exclusão por beleza tem desagrado e pode ser um bomba no colo dos políticos.

O modelo

Cerca de dois anos depois de perder mais de dez quilos, o vereador Duda Sanches (DEM), ataca de modelo. Um shopping de Salvador estampa uma mostra em que o vice-líder de ACM Neto na Câmara aparece fazendo poses:

Classificação Indicativa: Livre