Colunas / Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: A lista de "Xina"

Imagem Na Sombra do Poder: A lista de "Xina"

Os bastidores da politica baiana

Publicado em 30/06/2022, às 05h55        Editoria de política

Uma servidora do Governo do Estado vem alardeando algumas colegas de trabalho e autoridades do Judiciário baiano com uma lista de personalidades a assediá-la. A moça, com traços finos e que lembra uma gueixa do imperador, foi apelidada por alguns deputados e secretários de "Xina". Iniciando o processo eleitoral, ela tem viajado bastante com personalidades da política baiana. Entre um forró, um cuzcuz, um almoço e outro, o assédio não para. Algumas fontes da Na Sombra do Poder indicam que a preciosa lista, que ela guarda a sete chaves, é uma verdadeira nitroglicerina. Todos os gêneros estão nela. Resta saber se até a eleição ela vai colocar a lista na rua ou não.

"Acorda, Pedrinhooo!"

Parafraseando o refrão da música mais tocada neste semestre do Brasil, e pegando carona no taradão da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o recado da Na Sombra do Poder vai para um alto executivo da gestão soteropolitana useiro e vezeiro em trancar porta e assediar jovens estagiárias e algumas servidoras municipais: um grupo de quatro moças tomaram coragem e já partiram para denunciar o taradão baiano. Fica aqui a lição: "Acorda, Pedrinhooo!"

Bafafá no forró

Um famoso forró no Recôncavo baiano foi palco de um tremendo bafafá entre um tradicional político local, sua ex-mulher e sua atual companheira. Tudo presenciado pelos convidados VIPs da área VIP e fotografado por alguns paparazzos do interior. A cena foi digna de uma novela mexicana: chororô para lá, puxão de cabelo para cá, copo de licor voando acolá... Tudo isso a base de muita lama, whisky e muitos aperitivos. O já não tão jovem político pegou o caminho da roça e foi embora pelo backstage, acompanhado de seu fiel escudeiro - um lobinho em pele de cordeiro. A cena deixou a lamentar.

O pepino de Décio

O secretário municipal Décio Martins está com um pepino grande nas mãos. A guerra pela licitação nas UPAs municipais está ultrapassando fronteiras. Grandes grupos disputando um naco desse mercado soteropolitano de saúde. O secretário anda com a mão na cabeça sem saber o que fazer, já que a maioria das licitações vão acabar no colo dele e a decisão final é da sua comissão. Resta saber, com tantas letrinhas envolvidas, qual será o tamanho do pepino de Decinho...

Belas artes...

Nem só de segurança vive o diretor da Guarda Municipal da capital baiana. O competente Maurício Lima, na gestão a frente da GCM, é um nobre conhecedor das artes. O rapaz abriu seu apartamento para personalidades locais, entre eles artistas, decoradores e arquitetos, para apresentar as belas obras de arte em seu belo apartamento na ladeira da Barra. O bom gosto de Maurício Lima pela artes o levou a transitar pelos ateliês da capital baiana e mesas de restaurantes com a presença de alguns dos mais importantes marchands locais. A coluna Na Sombra do Poder parabeniza o rapaz pelo bom gosto.

A batalha do 2 de Julho

Salvador será palco de mais uma batalha no próximo feriadão da Independência da Bahia. Lula e Bolsonaro prometem trazer os holofotes nacionais com dois grandes eventos quase no mesmo horário. O petista vai fechar a Fonte Nova. Já o chefe do Executivo promete travar a Orla. Diferente dos dois, contudo, parece que apenas Ciro Gomes quer mesmo desfilar na Lapinha.

Vai usar capacete, Bolsonaro?

A grande dúvida sobre a motociata do presidente Jair Bolsonaro em Salvador é se ele vai usar capacete ou não. E se não usar, se alguém vai multá-lo. Bruno Reis garante que a Transalvador vai cumprir o seu papel. A saber.

Lá e cá

O ex-deputado Lúcio Vieira Lima continua sendo um representante legítimo do Centrão. Mesmo com o MDB estando na vice de Jerônimo Rodrigues, o irmão de Geddel curtiu o São João em uma fazenda em Amargosa. Os convidados ilustres? Os bolsonaristas João Roma, Roberta Roma e Robinho.

Foi, mas não foi

Nem mesmo a ida a Cachoeira fez o governador Rui Costa (PT) demonstrar apreço pela solenidade que transfere a capital da Bahia para a cidade histórica na luta pela independência da Bahia e do Brasil. Na passagem pelo município durante o último sábado, o petista preferiu dar uma entrevista para uma rádio local a participar da sessão solene que efetivou a transferência simbólica que é motivo de orgulho para o seu parceiro e antecessor, Jaques Wagner, que instituiu a mudança da capital da Bahia durante o período do 2 de Julho ainda em 2007.

A indireta de Rui

Rui Costa decidiu alfinetar a crise vivida pelo Esporte Clube Bahia durante uma transmissão nas redes sociais. "Como se o problema fosse o técnico...", Rui Costa sobre demissão do técnico do Bahia. O que será que Guilherme Bellintani, que já chegou a ser cortejado pelo grupo petista outrora, achou disso?

Cadê?

Chamou a atenção, na primeira semana do São João da Bahia, no Parque de Exposições, a completa ausência de membros dos Poderes Executivo e Legislativo, entre secretários de Estado e deputados estaduais. Com a maioria deles pelo interior, fazendo pré-campanha até mesmo em eventos que não foram promovidos pelo Estado, a festa na capital acabou ficando "esvaziada" politicamente. 

"O que não se faz por voto?"

E coube ao senador Otto Alencar (PSD), bradar, durante evento do governador Rui Costa (PT) na Seinfra estadual, a fala de Rui sobre o fato de Jerônimo Rodrigues aparecer nas redes sociais tocando sanfona, triângulo e zabumba no São João no interior. Em alto e bom som, Otto brincou: "O que não se faz por voto?".

O RT de Fábio Vilas-Boas

Deu pra perceber que o ex-secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas anda insatisfeito com a presidente do PT, Gleise Holffmann. Pré-candidato a deputado federal, Fábio retuitou uma publicação que dizia que o país precisa de mais Suplicys e menos Gleisi Holffmann. A publicação foi feita logo após o vereador paulistano Eduardo Suplicy invadir uma reunião do PT. Resta saber o que é que a presidente da sigla anda fazendo pra desagradar tanto assim o ex-secretário.

O silêncio de Coronel

O senador Angelo Coronel anda meio sumido. Além de não aparecer nos eventos do pré-candidato Jerônimo Rodrigues (PT), também não está se pronunciando sobre a CPI do MEC - da qual ele não assinou o requerimento.

A fake news de Alden

O deputado Alden arrumou a maior confusão entre bolsonaristas. Na  sanha de tentar se colar na imagem de Bolsonaro, postou um vídeo antigo ao lado do capitão como se fosse novo. A gravação é tão velha que Bolsonaro ainda usava tintura Márcia nos cabelos. Até o cantor Netinho se retou no Twitter.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre