BNews Nordeste

Foragido por mais de uma década, ‘Monstro do Sertão’ é preso no interior da Bahia

Reprodução/Metrópoles
Foragido da Justiça teria utilizado documentos falsos e mudado de aparência para se manter solto  |   Bnews - Divulgação Reprodução/Metrópoles

Publicado em 10/07/2024, às 11h50   Cadastrado por Marco Dias



Antônio José dos Santos, conhecido como “Toinho da Barra”, de 65 anos, foi preso na última terça-feira (9), em Vitória da Conquista, no interior da Bahia. Condenado a 22 anos de reclusão pelo assassinato de um empresário em Alagoas, ele estava foragido há mais de uma década da Justiça alagoana. A informação é do portal Metrópoles. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

De acordo com a 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) de Vitória da Conquista, a prisão ocorreu depois de várias incursões em municípios do sudoeste baiano. 

Toinho estava em posse de documentos falsos em nome de José Antônio Andrade dos Santos, apresentando-se aos policiais civis dessa forma. Além disso, ele chegou a passar por cirurgia plástica e usar nomes falsos para fugir dos oficiais, ganhando o apelido de ‘Monstro do Sertão’. 

Além do assassinato do empresário Luiz Antônio Monteiro Torres, em 2002, Toinho da Barra também foi acusado de uma chacina em 1984, na cidade de São José da Tapera, quando matou a tiros de metralhadora e espingarda calibre 12 o agricultor Givaldo Ferreira dos Santos, o advogado João Alves e o pré-candidato a prefeito Wellington Fontes. 

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp