BNews Pet

Infecção urinária em gatos: Se não tratada, doença pode afetar permanentemente órgãos do pet

[Infecção urinária em gatos: Se não tratada, doença pode afetar permanentemente órgãos do pet]
21 de Julho de 2021 às 12:00 Por: Geovana Albuquerque/Agência DF Por: Emmanoel Trindade

Não são apenas as pessoas que podem sofrer com infecções do trato urinário, este tipo de problema também pode afetar os gatos. Segundo o médico-veterinário Anderson Trindade, geralmente, as infecções que atingem o trato urinário dos felinos são causadas por bactérias, mas outros microrganismos como fungos e vírus também podem estar envolvidos na causa deste problema. 

O especialista alerta que, além de causarem dor, a doença pode afetar de maneira permanente órgãos importantes nos felinos, como os rins. Ele ainda ressalta que os gatos são propensos a desenvolver inflamações urinárias devido a um hábito muito comum entre eles: a baixa ingestão hídrica.

“Os gatos, normalmente, ingerem pouca água e isso pode ser ainda pior em determinadas situações, que podem alterar o comportamento deles”, disse ao BNews.

O veterinário cita momentos de estresse, mudança na alimentação e falta de higiene como fatores que contribuem para que o pet beba pouca água. Além disso, uma alimentação inadequada, que altera a composição da urina, uso excessivo de medicamentos e malformação de órgãos também são causas possíveis da inflamação urinária em gatos, segundo o especialista.

Leia também
Homem decepa pênis de cachorro durante cruzamento com cadela
Cão desaparecido é resgatado após ser encontrado se divertindo no mar
Criança desaparece e é encontrada graças ao cachorro de estimação da família

Ainda segundo o veterinário, como toda doença, quanto antes ela for descoberta, mais fácil será o tratamento e menor será o risco de ela afetar outros órgãos. Por isso, fique atento aos seguintes sinais que revelam quando um gato está com inflamação urinária: lambedura da genitália, sangue na urina, dificuldade e dor ao urinar, falta de apetite.

Ao perceber um ou mais desses sintomas, o veterinário orienta que o animal deve ser levado o quanto antes para uma consulta no veterinário. “Se não tratada, uma infecção externa, por exemplo, pode se tornar interna, afetando os rins do pet”, alerta.

Observar e relatar os sintomas apresentados é fundamental para ajudar o veterinário a chegar mais rápido a um diagnóstico.  Em caso de suspeita de inflamação urinária, ele poderá solicitar exames como ultrassom abdominal, raio-x, exame de sangue e de urina. Isso porque além de comprovarem a alteração, eles também ajudam o profissional a chegar à causa do problema.

O veterinário pontua também que nos gatos machos, podem aparecer fatores de complicação como as obstruções urinárias, por exemplo. O diâmetro reduzido da uretra peniana, descamações do trato urinário, coágulos, cristais ou cálculos podem impedir a passagem da urina. “Esses são casos de emergência que devem ser tratados de forma imediata e podem levar o animal a solução cirúrgica em alguns casos”, completa. 

Ele também ressalta que independentemente da situação, os problemas urinários exigem atenção especial com a oferta de água fresca e sanitários dos gatos para que o tratamento seja bem sucedido e evitar evitar novas crises.  

De acordo com o especialista, o  tratamento vai depender do motivo da inflamação. “Pode incluir desde o uso de medicamentos e troca da alimentação para uma ração para gatos com inflamação urinária até procedimentos cirúrgicos”.

Importante! Nunca medique seu bichano por conta própria, nem procure soluções caseiras. Levar o seu pet para check-ups no veterinário ao menos uma vez por ano também é uma forma importante de prevenir doenças do trato urinário. Pois, ao realizar exames, o profissional poderá identificar alterações logo no início e orientar sobre mudança na alimentação e na rotina para evitar o surgimento de problemas mais sérios.

 

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar