Polícia

Mulher encomenda morte do marido em Chorrochó

Imagem Mulher encomenda morte do marido em Chorrochó

Segundo o primo de Aíla, ela pretendia receber o seguro de vida do companheiro

Publicado em 30/09/2011, às 17h03        Redação Bocão News

José Patrício da Silva, o “Pêta”, 31, foi preso na manhã desta sexta-feira (30), acusado de matar o caminhoneiro Agnaldo Lopes Pereira no município de Chorrochó, no norte da Bahia. 

De acordo com informações da 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a vítima morava em São Bernardo do Campo, ineterior paulista, mas foi morto na altura do KM 100, da BR 116, nas proximidades do povoado de Formosa. 

Em depoimento à polícia, Pêta, que é natural de Pernambuco, contou que tinha sido contratado por sua prima de prenome Aíla, mulher da vítima, para em troca da quantia de R$ 20 mil tirar a vida de Agnaldo para ela receber o seguro de vida.
Com o acusado foi apreendido um revolver calibre 38, com seis munições. José foi autuado em flagrante e segue em disposição da Justiça.

Classificação Indicativa: Livre