Polícia

Família pede justiça pela morte de criança de 1 ano; pai é suspeito do crime

[Família pede justiça pela morte de criança de 1 ano; pai é suspeito do crime]
20 de Maio de 2021 às 21:10 Por: Divulgação Por: Redação BNews

A família de Pedro Lucas, de um ano e seis meses, que morreu na última quarta-feira (19), no Subúrbio Ferroviário de Salvador, pede justiça pelo ocorrido. O pai foi preso em flagrante e a família espera que ele seja encaminhado para o presídio.

Em entrevista ao programa Balanço Geral, da Record TV Itapoan, Driele, mãe do bebê, disse que descobriu no dia do crime, na delegacia, que o pai além de ser usuário de drogas, tem passagem por roubo. Ela comentou que o suspeito não deixava a criança ficar com a família.

"Às vezes o meu filho pedia para ficar no meu colo e ele não deixava. Ele reclamava que não era para o menino ficar na casa da minha mãe porque o pai era ele. Nunca parei para olhar os hematomas do meu filho. Ele não queria ficar com o pai e eu não observava isso", disse durante a entrevista.

O pequeno tinha hematomas espalhados pelo corpo e, de acordo com a mãe, o pai relatava que a criança teria esbarrado em algum lugar da casa. "Ele não soube explicar absolutamente nada, nenhum dos hematomas. Simplesmente aconteceu. Ele dá como se fosse um descuido, algo que como se fosse um problema pequeno". 

A família pede justiça pelo ocorrido. "Eu peço a vocês, tomem conta dos seus filhos. Pergunta, olha os hematomas. Queremos justiça, que ele fique preso e não saia nunca mais. Se ele sair, pode fazer algo com a gente", disse a tia. "Eu estou me sentindo muito culpada, é muito difícil", finalizou a mãe.

Leia também:

Suspeito de torturar e matar filho de 1 ano em Periperi é preso
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar