Polícia

Corpo de médico que estava desaparecido é encontrado com sinais de execução; veja vídeo

[Corpo de médico que estava desaparecido é encontrado com sinais de execução; veja vídeo]
28 de Maio de 2021 às 13:11 Por: Reprodução/redes Por: Léo Sousa

A Polícia Civil confirmou no início da tarde desta sexta-feira (28) que o corpo encontrado no Rio Jacuípe, próximo à cidade de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 110 km de Salvador, é do médico Andrade Lopes Santana.

Um colega do profissional de saúde atestou que as roupas junto ao cadáver pertencem a Santana. De acordo com fontes do BNews, a perícia constatou uma perfuração por disparo de arma de fogo na nuca da vítima.

O corpo, segundo o relato, estava preso a uma âncora. Os policiais ainda encontraram o celular no bolso da bermuda que ele vestia.

O médico de 32 anos, natural do estado do Acre e morador do município de Araci, na Bahia, estava desaparecido desde segunda-feira (24).

Em entrevista à Record TV Itapoan, o delegado Roberto Leal, da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Feira de Santana, responsável pela investigação, afirmou que Santana se deslocou de Araci para Feira de Santana na segunda para resolver uma pendência no Exército - segundo Leal, ele pretendia comprar uma arma de fogo.

Ao chegar na cidade, o médico teria decidido passear de jet ski com um colega. À polícia, o amigo convidado por Andrade informou que o colega não chegou ao local marcado e então ele resolveu voltar para casa.

A Polícia Civil investiga se o médico foi abordado no percurso. O carro em que Andrade estava foi localizado na terça-feira (25), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) às margens da BR-101, nas imediações de Conceição do Jacuípe. O veículo foi periciado, na tentativa de encontrar sinais de violência.

De acordo com o delegado, as apurações iniciais indicam que o profissional era bem quisto em Araci e em municípios vizinhos, onde também atendia.

"Pelas informações, não havia animosidade ou fato que motivassse vingança [...] Estamos ouvido outras pessoas para verificar se, nas cidades, ele tinha se desentedido com alguém", afirmou.

A principal hipótese, sinalizou Roberto Leal, é de latrocínio - roubo seguido de morte. Mas "não está descartada nenhuma outra linha de investigação", pontuou o delegado. Os familiares de Andrade Lopes Santana estiveram presentes na delegacia.

Veja vídeo:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar