Polícia

Postos de gasolina em Salvador, Lauro de Freitas e Feira de Santana são alvos da Operação Petróleo Real

Divulgação / Polícia Civil

Diversos estabelecimentos foram autuados por bombas irregulares

Publicado em 08/07/2021, às 18h13    Divulgação / Polícia Civil    Redação BNews

Pelo menos 20 postos de gasolina na Bahia foram alvos da Operação Petróleo Real, deflagrada nesta quinta-feira (8) pela Coordenação de Combate a Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor-LD) e pela Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap/Draco). A ação, realizada também em outros estados, tem o objetivo de fiscalizar e combater fraudes em postos de gasolina. 

Na Bahia, foram alvos da operação estabelecimentos localizados em Salvador, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana, e em Feira de Santana. As análises identificaram a qualidade do combustível, a validade dos produtos, a aferição das bombas de abastecimento, além da transparência da composição dos preços ao consumidor e outras infrações. 

"Após as verificações feitas pelo Draco, autuamos postos de diversas bandeiras em Salvador, Lauro de Freitas e Feira de Santana. Houve lacração de bombas por irregularidades, todas elas administrativas. Houve irregularidades sobre bombas e aferição de combustível, mas nada de adulteração e nenhum ilícito criminal", informou a delegada Márcia Pereira.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) e da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), coordenou a Operação Petróleo. 

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o Instituto Baiano de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Ibametro), a Polícia Militar (PM-BA) e a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) também participaram da vistoria.

Classificação Indicativa: Livre