Polícia

Avô é preso suspeito de estuprar neta de seis anos no interior da Bahia

[Avô é preso suspeito de estuprar neta de seis anos no interior da Bahia]
22 de Julho de 2021 às 18:16 Por: Divulgação/Polícia Civil Por: Redação BNews

Um homem suspeito de estuprar a neta de 6 anos foi preso nesta quinta-feira (22) no município de Nazaré, a cerca de 200 km de Salvador. O acusado foi capturado por policiais da Delegacia Territorial (DT) da cidade e deve responder por estupro de vulnerável. Se condenado, o homem poderá sofrer uma pena de até 15 anos de reclusão.

De acordo com a polícia, o suspeito, de 43 anos, estava sendo investigado após denúncias de que ele já havia estuprado a própria filha, quando ela ainda era adolescente, e que agora estaria abusando sexualmente da neta. O homem teria ainda ameaçado a criança para que ela não relatasse os abusos que vinha sofrendo. 

O delegado Adilson Freitas, responsável pela investigação do caso, relatou a importância de os responsáveis pelas crianças estarem atentos ao comportamento delas. “Aqueles que convivem com a criança precisam perceber as atitudes delas e dialogar, para identificar as situações de abuso”, ressaltou. 

O crime foi elucidado após a realização de uma escuta especializada por parte de um profissional, o que possibilitou a coleta de informações que contribuíram com as investigações. O Conselho Tutelar também acompanhou o caso e encaminhou a vítima a rede de apoio.

Adilson Freitas chamou ainda atenção para as orientações que devem ser seguidas nos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. “A Polícia Civil da Bahia dispõe de canais, como o 181, no qual as pessoas podem denunciar anonimamente. Além disso, crimes como esse podem ser registrados em qualquer unidade territorial”, orientou o delegado.

Classificação Indicativa: 10 anos


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar