Brasil

Polícia pede apreensão de adolescente que acompanhou atiradores de massacre em Suzano

[Polícia pede apreensão de adolescente que acompanhou atiradores de massacre em Suzano]
14 de Março de 2019 às 17:46 Por: arcelo Gonçalves/Sigmapress/ Folhapress Por: Folhapress0comentários

Um adolescente de 17 anos participou da elaboração do massacre na escola de Suzano, na Grande São Paulo, na manhã de quarta-feira (13), segundo o Delegado-Geral da Polícia Civil,  Ruy Ferraz Fontes.

O delegado afirmou, em entrevista coletiva, na tarde desta quinta (14), que a polícia à Justiça pediu a apreensão do adolescente.

Fontes não deu detalhes da participação do adolescente. Apenas disse que ele ajudou na elaboração do crime. O jovem seria colega de classe de  Guilherme Taucci Monteiro, 17, que ao lado de Luiz Henrique de Castro, 25, fizeram o ataque.

Os dois mataram cinco alunos, duas funcionárias e um empresário na escola estadual Professor Raul Brasil. Outras 11 pessoas ficaram feridas.

O crime ocorre em meio ao debate sobre posse de armas e chama a atenção por ter sido cometido em dupla e longamente planejado. O presidente Jair Bolsonaro lamentou o atentado seis horas após ocorrido.

Segundo um policial que acompanha o caso, o ataque há cerca de um ano e meio.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas