Polícia

Cigano executado sofreu ameaças de assassinato antes de fim trágico na RMS

Reprodução/Redes Sociais
Dentro do carro, o cigano Agilson recebeu tiros à luz do dia na cidade de Camaçari  |   Bnews - Divulgação Reprodução/Redes Sociais

Publicado em 11/06/2024, às 07h31 - Atualizado às 07h32   Redação BNews



O cigano Agilson Ribeiro Dantas morreu, na última sexta-feira (7), na Avenida Sul, no bairro Verdes Horizontes, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Desde então, a Polícia Civil baiana apura o que pode ter motivado o assassinato da vítima de 58 anos, que estava dentro de um carro preto. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

Uma das linhas de investigação envolve uma disputa territorial por famílias ciganas. Quando foi morto, o rapaz estava a metros da casa onde morava. Antes de ser executado, Agilson havia recebido uma ligação duvidosa.

Além disso, o que está em análise também é uma questão cultural dos ciganos, que não costumam fazer atividades externas por volta de 12h, horário em que Agilson foi encontrado já sem vida. 

Na ocasião, o veículo dele foi fechado por um outro veículo, cujo qual estava ocupado por quatro homens. Uma arma de fogo foi encontrada pela polícia no automóvel do cigano. 

O caso é investigado pela 4ª Delegacia de Homicídios (DH/Camaçari): “A autoria, motivação e circunstâncias do crime estão sob apuração da unidade especializada”, diz um trecho da nota.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp