Polícia

Homem é preso acusado de estupro após médica constatar infecção e abuso em adolescente

Divulgação/PC-MS

Irmã da vítima também encontrou mensagens ameaçadoras no celular e denunciou à delegacia

Publicado em 12/05/2022, às 07h22    Divulgação/PC-MS    Redação

Um homem de 51 anos foi preso acusado de estupro de vulnerável, nesta segunda-feira (9) em Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A denúncia foi feita pela irmã da vítima após a menor passar por consulta ginecológica devido uma infecção severa e a médica identificar a violência sexual. A adolescente foi abusada por sete anos.

De acordo com O Globo, durante a denúncia na delegacia, a irmã da vítima também afirmou ter encontrado mensagens ameaçadoras no celular da menina enviadas pelo autor. Na hora da prisão, os policiais encontraram na casa dele, 170 DVDs, diversos pendrives, celular e notebook, todos contendo conteúdos pornográfico envolvendo menores de idade. Segundo a polícia, o suspeito confessou que mantinha as mídias em casa com fotos de adolescentes.

Leia mais:

Promotor que investigava crimes do PCC é assassinado enquanto passava lua-de-mel com sua esposa grávida

PRF apreende 8kg de cocaína escondidas em veículo no município de Guanambi

Homem que matou engenheiro na Barra tentou matar casal de idosos

Ainda de acordo com as investigações, parte do conteúdo já foi analisado e encontrados fotos de cunho pornográfico. Além de ser preso pelo cumprimento de um mandado de prisão preventiva por crime de estupro de vulnerável, o homem foi autuado em flagrante pelo crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, que prevê pena de um a quatro anos.

A Polícia Civil vai investigar agora se o suspeito foi o responsável pela produção das fotos e filmes pornográficos, encontradas na casa, com participação de crianças e adolescentes.Todas as mídias tinham a inscrição de um pseudônimo utilizado pelo suspeito.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre