Polícia

Homem escreve carta antes de matar porteiro que mantinha caso com sua esposa: “Chegou sua hora, talarico”

Divulgação/Polícia Civil
Homem mata vigilante, agride esposa e comete suicídio após escrever carta com motivação do crime  |   Bnews - Divulgação Divulgação/Polícia Civil

Publicado em 14/06/2024, às 07h52   Cadastrado por Marco Dias



Um homem, identificado como Valdik Paiva Barreto, de 54 anos, escreveu uma carta detalhando sua motivação para matar o vigilante Marcos César dos Santos com um tiro na cabeça e cometer suicídio na manhã dá última quinta-feira (13). A informação é do portal Metrópoles. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

De acordo com a Polícia Civil, Valdik Paiva Barreto teria afirmado que a motivação do crime seria uma suposta traição entre sua esposa e o vigilante. Após assassinar Marcos César dos Santos, o homem voltou para casa, agrediu a esposa e, em seguida, se jogou do sexto andar do prédio onde morava. 

Na carta, escrita à mão, ele chama o vigilante de “talarico” e diz que ele acabou com sua felicidade. Além da carta, a perícia encontrou no apartamento do suspeito a arma utilizada no crime, uma espingarda calibre 28. 

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) registrou o caso como homicídio, suicídio e violência doméstica. 

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp