Polícia

Homem supostamente torturado por traficantes saiu do trabalho para comprar maconha, diz testemunha

Reprodução/ Redes sociais

Os supostos traficantes teriam torturado a vítima por ele ser de uma localidade rival

Publicado em 05/08/2022, às 10h44    Reprodução/ Redes sociais    Redação BNews

Rosimbergue dos Santos Lucena, de 28 anos, saiu de casa no dia 28 de julho após receber uma proposta de trabalho em uma obra da cidade de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Em seguida, a família dele recebeu um vídeo em que o homem aparece supostamente detido por traficantes. Ele ainda continua desaparecido.

O responsável pela proposta de trabalho disse, em entrevista ao G1, que o homem teria sido capturado após sair para comprar maconha durante o expediente. De acordo com a versão dele, no dia do desaparecimento, o trabalhador recebeu uma ligação de uma mulher que, do outro lado da linha pediu para que Rosimbergue, fosse em busca da droga.

"Parece que lá onde ele mora é uma facção, e onde ele tava trabalhando era uma facção contrária [...] Acredito eu que alguém deve ter conhecido ele em alguma coisa, eu não sei. Só sei que tem coisa envolvida com negócio de facção", disse o contratante que preferiu se identificar apenas como Rogério.

g
Família recebeu vídeo do homem supostamento sendo torturado (Foto: Reprodução/G1)

Desaparecimento

Também ao G1, a eposa de Rosimbergue, a auxiliar de costura Patrícia Maria Pereira, 39 anos, disse que o marido informou que sairia de casa, em Caucaia, na região metropolitana da capital cearense, para trabalhar em uma obra a convite de um conhecido com quem já havia prestado serviços antes. Ela contou ainda que antes de deixar a residência, o marido, ao ser questionado quando voltava para casa, respondeu, em tom de brincadeira, que “nunca mais” retornaria.

No dia seguinte, o homem entrou em contato com a esposa pedindo R$ 100 emprestado, dinheiro que seria usado para chegar até o local de trabalho. O trabalhador deixou de responder as mensagens e os familiares iniciaram as buscas. Em seguida, um vídeo foi enviado a eles onde Rosimbergue aparece sendo obrigado a responder que morava em Caucaia e que “conhecia os homens de lá” — referência a traficantes rivais.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre