Salvador

Caso Imbuí: Defesa confirma autorização da posse da arma de advogado apontado como autor de homicídio  

[Caso Imbuí: Defesa confirma autorização da posse da arma de advogado apontado como autor de homicídio  ]
26 de Janeiro de 2021 às 14:38 Por: Marcelo Castro/RecordTV Itapoan Por: Aline Reis

A defesa do advogado apontado como principal suspeito de assassinar o barbeiro Lucas Souza Araújo, de 29 anos, no bairro do Imbuí no último domingo (24), se esquivou de responder sobre a possível entrega espontânea do acusado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ainda nesta terça-feira (26), após buscas de agentes em imóveis da família dele. Apesar disso, o advogado afirmou que o suspeito tem autorização para andar armado.

Em entrevista à TV Record Itapoan, Antônio Glorisman alegou que pelo fato do seu cliente ter profissão definida com inscrição legalizada na Ordem dos Advogados da Bahia não pode ficar foragido para sempre. “Foi um fato isolado na vida, nunca teve problema, por isso não vai ficar assim. Infelizmente está sendo acusado dessa fatalidade, não podemos acusar, estou aqui para buscar uma resposta sobre uma punição dentro dos rigores da lei, onde seja preservado o mais amplo direito de defesa”, disse. 

Ainda durante a entrevista, a defesa confirmou que só falou com o cliente por telefone e evitou detalhar o contato sobre o caso. “Não se trata de um bandido, se trata de uma pessoa que em um momento de turbulência, não se sabe de como aconteceu os fatos, é isso que o delegado está tentando apurar buscar efetivamente”, finalizou. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar