Polícia

Procuradora espancada afirma que se sente mais segura com prisão do agressor

Vídeo/G1

Ãgressões contra procuradora aconteceu na prefeitura de Registro, interior de São Paulo

Publicado em 23/06/2022, às 14h02    Vídeo/G1    Redação BNews

A procuradora-geral Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, afirmou que se sente mais segura após a prisão do seu agressor, o também procurador, Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos. O caso ocorreu durante o horário de expediente na Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo.

Leia também:

Caso Genivaldo: PRF põe sigilo de um século em processos contra agentes

Macaco é flagrado amolando faca em cima de prédio comercial no Piauí; veja

Em relato feito para TV Tribuna, a procuradora relevou também que tem recebido muitas mensagens de apoio.  "Tem me dado forças para expor essa situação, para poder encorajar cada vez mais pessoas a fazerem o mesmo, e, assim, a gente mudar esse pensamento machista e patriarcal que a gente vive na sociedade hoje", disse.

Ela também agradeceu  ao apoio recebido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Ministério Público, o Poder Judiciário e do governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB). 

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre