Política

Hildécio lamenta falta de recursos do governo para o Hospital de Valença

O peemedebista reitera que ao todo 15 municípios compõem o território do Baixo Sul da Bahia, hoje sem um atendimento de alta complexidade adequado

Publicado em 02/02/2016, às 17h50    Reprodução    Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Na última segunda-feira (1), o ano legislativo na Assembleia Legislativa da Bahia foi aberto e sempre preocupado com os interesses da Bahia, o deputado estadual  Hildécio Meireles (PMDB), destaca o desapontamento em ofício recebido por parte da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), em resposta a emenda de sua autoria no Plano Plurianual Participativo (PPA), referente ao quadriênio 2016 – 2019, que pedia a construção do Hospital Regional de Valença. 
Conforme Hildécio, apesar de o superintendente José Raimundo Mota, admitir que é “imprescindível instalar uma unidade com serviços de alta complexidade e até mesmo leitos de UTIs por se tratar de uma cidade pólo da região, é impossível atender o pleito diante da inexistência de recursos para tal e falta de previsão no PPA”.
“Previsão esta, que constava em minha emenda, mas foi ignorada e será pelos próximos quatro anos, colocando a vida de milhares de pessoas em risco”, disparou o deputado, reforçando que a própria Sesab admite todos os aspectos técnicos que justificam a construção do hospital. “Portanto, trata-se de uma incongruência no discurso”.
Por fim, ele reitera que ao todo 15 municípios compõem o território do Baixo Sul da Bahia, hoje sem um atendimento de alta complexidade adequado. “Porém, para minha tristeza e de toda população, esse pleito de tamanha importância foi negado e com uma justificativa que não convenceu, afinal o PPA prevê investimentos de R$ 97 milhões,”, lamentou, frisando, entretanto, que sua luta neste sentido continuará.

Classificação Indicativa: Livre