Política

Como antecipado pelo Bocão News, Zé Alves assume Setur e encerra novela

Mesmo com indicação, PR não pacifica base

Publicado em 22/07/2016, às 20h21    Reprodução    Alexandre Galvão

A oficialização do presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens na Bahia (Abav), José Alves, para chefiar a pasta de Turismo da Bahia, na noite desta sexta-feira (22), dá fim à novela mais longa do governo Rui: o espaço do PR no governo. Indefinido desde o começo da gestão Rui Costa, a pasta já havia sido oferecida à legenda que tinha muitos índios, mas poucos caciques para apaziguar os ânimos e os anseios dos seus membros. A questão mudou de figura, no entanto, com a entrada de José Carlos Araújo no jogo, que traçou a rota e emplacou um aliado seu na pasta que governa mais de R$ 182 milhões em recursos do Estado.

O fim da novela, no entanto, pode dar início a outra minissérie que já tem os seu contornos dramáticos: a relação de Rui com o PCdoB. Com a chegada de Zé Alves e a partida de Nelson Pelegrino, Davidson Magalhães deixará seu posto de deputado federal. Pré-candidato a prefeito de Itabuna, Magalhães pode, num primeiro momento, gozar do desemprego, pois irá se dedicar à campanha. À posteriori, caso seja derrotado, irá ser uma dor de cabeça para o Correria: como agrupar mais um aliado dentro do já lotado guarda-chuvas de cargos comissionados.

Além disso, há de se observar que o PCdoB, ou parte dele, não anda às mil maravilhas com o governador. A preferência por Lídice da Mata (PSB) e Olívia Santana (PCdoB) para a disputa em Salvador faz acender, em alguns comunistas, o alerta de que Rui, com suas predileções, pode deixar muita gente de fora das suas estratégias.

Até mesmo no PR, a harmonia está longe de ser alcançada. Apesar do fim do clímax de tensão, Jonga, e companhia nada limitada, anseia por espaço – mesmo tendo dado de ombros para o então candidato Rui Costa, durante a campanha de 2014. Até agora, porém, o dado concreto é de que o PR, aos pouquinho, ficou com uma grande parte do protagonismo estadual: Setur, Bahiatursa, Procon e Prodeb. Novos capítulos podem surgir.

Matérias relacionadas:
Zé Rocha desiste da Setur e Rui escolherá nome de lista tríplice do PR
José Rocha atravessa Araújo e assume Secretaria de Turismo
Turismo espera que José Alves aposte em propaganda do estado
Conforme antecipado pelo Bocão News, José Alves assume secretaria de Turismo
Além de José Alves, outros dois nomes disputam Setur, segundo Araújo
José Rocha deve assumir Setur em troca de apoio ao PT nas eleições municipais

Classificação Indicativa: Livre