Política

Presidente da Câmara de Candeias denuncia fechamento de UPA

Prédio encontra-se inutilizado sem nenhuma reforma sendo feita

Publicado em 10/05/2017, às 08h47        Tamirys Machado

O presidente da Câmara dos Vereadores de Candeias, Fernando Calmon (PSD) denunciou ao BNews o fechamento da  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Conforme o edil, há, por parte da atual gestão municipal um abandono no que se refere à saúde na cidade.

“Quando o atual prefeito tomou posse ele fechou a UPA alegando problemas estruturais , mas não mostrou um laudo técnico, disse apenas que a Defesa Civil apontou risco de vida aos pacientes por conta de rachaduras no prédio”, explicou o vereador.

O problema, segundo Calmon, é que a UPA continua fechada desde o dia 26 dejaneiro e o prédio não passa por nenhuma reforma. A Unidade fica localizada no bairro Ouro Negro. “O prédio continua lá, sem manutenção, providência nenhuma foi tomada. A UPA tem um recurso federal de R$100 mil reais. Fica a pergunta, para onde está indo esse recurso? continua vindo para a prefeitura? “, questionou o edil.

Ainda de acordo com o presidente, a Câmara convocou a secretaria de Saúde da cidade, Soraia Cabral, que é esposa do atual prefeito, Drº Pitágoras (PP), para prestar esclarecimentos à Casa sobre o assunto, porém a titular da pasta não apresentou prazos de quando começaria a reforma no prédio nem soluções para o fechamento da Unidade. “Disse que iria fazer uma reforma, instalar uma central de imagem para exames, mas até agora não aconteceu nada”, pontuou o vereador.

A reportagem do BNews tentou contato com o prefeito Drº Pitágoras, porém não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Classificação Indicativa: Livre