Política

Dilma e Serra se enfrentam no penúltimo debate

Imagem Dilma e Serra se enfrentam no penúltimo debate

Confronto pode ser decisivo para as campanhas dos candidatos

Publicado em 25/10/2010, às 11h11        Redação Bocão News

Os candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), se encontram na noite desta segunda-feira (25), a apenas uma semana da votação do segundo turno das eleições presidenciais, dia 31. Desta vez não haverá a participação de jornalistas convidados (no último debate realizado pela Rede TV!/Folha, as perguntas dos repórteres causaram embaraços aos dois candidatos). O confronto será transmitido ao vivo a partir das 22h (horário de Salvador) na Rede Record.
Dilma vem de um resultado positivo na última pesquisa Datafolha, que apontou uma diferença de 12 pontos de vantagem sobre seu adversário. A petista deve questionar sobre a guerra interna do PSDB - o comitê da candidata responsabiliza o senador eleito Aécio Neves (MG) pela quebra de sigilo fiscal de parentes e amigos de Serra – que por sua vez, deve usar o escândalo para alvejar Dilma, alegando que a quebra do sigilo dos tucanos foi ordenada por um grupo de inteligência da campanha petista. 
O candidato do PSDB vai explorar, ainda, a denúncia publicada na última edição da revista Veja, segundo a qual o Planalto deu ordens para que a Secretaria Nacional de Justiça produzisse dossiês "contra quem atravessasse o caminho do governo". Segundo a publicação, os pedidos teriam partido da própria Dilma, então ministra da Casa Civil, e de Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
Segundo jornal O Estado de S. Paulo, caso Serra use o episódio da agressão que sofreu no Rio, na última quarta-feira, com o objetivo de acusar o PT de não respeitar adversários e de ser antidemocrático, Dilma está preparada para reagir. 
Pesquisas qualitativas em poder do PT indicaram que eleitores consideraram "exagerada" a atitude do pesedebista de fazer uma tomografia computadorizada após ser atingido por bolinha de papel e rolo de fita adesiva. Criticaram, ainda, a tentativa do candidato de transformar o fato em escândalo.
O debate será dividido em três blocos. Os candidatos poderão perguntar entre si sobre os temas que preferirem. Cada resposta dará direito a uma réplica daquele que perguntou e uma tréplica do que respondeu. Ao final do encontro, cada candidato terá direito a fazer suas considerações finais no tempo de dois minutos.
O debate de hoje fica como um aquecimento para o último, dia 28, que será realizado pela Rede Globo.

Classificação Indicativa: Livre